SISEM-SP divulga programação completa do EPMi Nordeste

Evento, em parceria com a ACAM Portinari, ocorre dias 27 e 28 de fevereiro, no SESC Ribeirão Preto

O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, em parceria com a ACAM Portinari Organização Social de Cultura, realizam, dias 27 e 28 de fevereiro, no SESC Ribeirão Preto, o Encontro Paulista de Museus itinerante (EPMi) Nordeste.

O evento é o primeiro de uma série de encontros a serem realizados ao longo do ano, em seis macrorregiões paulistas, para ampliar e diversificar o debate em torno da gestão, governança, infraestrutura e segurança dos museus. Campinas (EPMi Campinas), Birigui (EPMi Noroeste), Bauru (EPMi Oeste), Sorocaba (EPMi Sudoeste) e São José dos Campos (EPMi Vale do Paraíba e Litoral) serão as outras cidades-sede, sempre com o apoio das unidades SESC SP.

“Ribeirão Preto foi escolhida para receber o primeiro EPMi por contar com representações regionais bastante atuantes e por possuir um bom número de museus em busca de articulação”, observa o diretor do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP, Davidson Kaseker.

No primeiro dia, o EPMi contará com conferências, palestras e mesas de discussão. Destaques para a presença do secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado, Sérgio Sá Leitão, e para a conferência de abertura da museóloga, membro do ICOM e conselheira eleita do COREM 4R – Conselho Regional de Museologia da 4ª Região, Beatriz Cavalcanti de Arruda.

O segundo dia concentra três oficinas ligadas à temática do encontro: “Rotinas de manutenção em museus”, “Desenvolvimento de Projetos Culturais” e “Gestão de Segurança de Acervo”.

Toda programação foi planejada com partipação das lideranças locais do SISEM-SP, os chamados representantes regionais. Confira a grade de atividades completa:

27 de fevereiro

. 08h30 – Credenciamento e café de boas-vindas;

. 09h00 – Cerimônia de abertura;

. 09h45 – Fala do Secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Sérgio Sá Leitão;

. 10h30 – Conferência da museóloga Beatriz Cavalcanti de Arruda;

. 12h00 – SISEM-SP na Macrorregião Nordeste;

. 13h00 – Intervalo para almoço (por conta do participante);

. 14h30 – Painel “Infraestrutura e segurança”, com Angelica Fabbri (ACAM Portinari), Leila Heck (Museu da Cana) e Rejane Lassandro Cintrão (Instituto Figueiredo Ferraz). Mediação: Luana Vieira (Grupo de Trabalho do SISEM-SP);

. 16h00 – Painel “Gestão e governança”, com Thais Creolézio (Museu Histórico de Jaboticabal Aloísio de Almeida), Vinícius Macias de Barros (Memorial da Classe Operária) e Angela Maria Pimenta (APD – Associação Paulo Duarte – Natureza, Cultura e Patrimônio). Mediação Larissa Rizzati Gomes (Grupo de Trabalho do SISEM-SP).

28 de fevereiro

. 08h30 – Liberação de entrada para os inscritos  para as oficinas;

. 09h15 – Liberação de entrada para a lista de espera;

. 09h30 às 17h00 – Oficina “Rotinas de manutenção em museus”, com Denis de Blasiis (Fundação Energia e Saneamento). Local: SESC Ribeirão Preto – Sala Oficina 3;

. 09h30 às 17h00 – Oficina “Desenvolvimento de Projetos Culturais”, com Barbara Rodarte (Rodarte e Cultura – Serviços Culturais). Local: SESC Ribeirão Preto – Sala Oficina 2;

. 09h30 às 17h00 – Oficina “Gestão de Segurança de Acervo”, com a equipe ACAM Portinari de apoio ao SISEM-SP. Local: SESC Ribeirão Preto – Galpão;

Atenção: Intervalo para almoço (por conta do participante) entre as oficinas – 12h30 às 14h00.

EPMi

O Encontro Paulista de Museus itinerante (EPMi) percorrerá, ao longo do ano, seis macrorregiões paulistas para debater assuntos relacionados a infraestrutura, segurança, gestão e governança de museus. A ideia de se criar a versão itinerante do EPM surgiu após a análise dos dados sobre as inscrições realizadas nos Encontros Paulistas de Museus (EPMs) no período de 2011 a 2017.  Observou-se que, do total de inscritos, 65% provinha da Região Metropolitana de São Paulo. Assim, o EPMi foi concebido para atingir um público de profissionais de museus mais amplo geograficamente.

SISEM-SP

O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, congrega e articula os museus paulistas, com o objetivo de promover a qualificação e o fortalecimento institucional em favor da preservação, pesquisa e difusão do acervo museológico do Estado.

ACAM Portinari

Fundada em 27 de novembro de 1996, a ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) administra, em parceria com a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, três instituições museológicas no interior pertencentes ao Governo do Estado: Museu Casa de Portinari (Brodowski), Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre (Tupã) e Museu Felícia Leirner/Auditório Claudio Santoro (Campos do Jordão). A ACAM, que tem sua sede em Brodowski, tem como principal objetivo o desenvolvimento da área cultural, particularmente a museológica, por meio das colaborações técnico-operacional e financeira. A instituição também apoia as ações do SISEM-SP (Sistema Estadual de Museus), com quem realiza importantes iniciativas como oficinas de capacitação para museus, oficina de ensino à distância e, ainda, o Encontro Paulista de Museus, entre outras.

SERVIÇO

Encontro Paulista de Museus itinerante Nordeste (EPMi Nordeste)

Quando: 27 e 28 de fevereiro

Onde: SESC Ribeirão Preto

Endereço: Rua Tibiriça, 50 – Centro – Ribeirão Preto/SP Informações: (11) 3339-8111

Fonte: SISEM-SP