Amparo recebe oficina de capacitação sobre preservação do patrimônio arquitetônico

A oficina faz parte das políticas públicas para a área patrimonial da Secretaria de Estado da Cultura e tem como meta qualificar os profissionais e estudantes do interior para a preservação do patrimônio histórico.
 
A Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Condephaat, das Oficinas Culturais e do SISEM-SP, e em parceria com a Prefeitura de Amparo, oferece uma atividade de capacitação sobre preservação do patrimônio arquitetônico, que será realizada de 25 a 27 de maio, no Auditório da Rádio Cultura Municipal (Rua José Alves de Godoy, 101 – Centro – Amparo).
 
A oficina “Patrimônio Arquitetônico: Princípios Gerais de Preservação e projeto” visa ampliar e a fortalecer as políticas públicas da Secretaria para a área de patrimônio cultural do interior do Estado, por meio da qualificação de profissionais e estudantes para atuarem com a questão patrimonial.
 
A oficina será aberta pela Presidente do Condephaat, Fernanda Bandeira de Mello, e contará com a participação de Marília Barbour, Coordenadora da Unidade de Preservação do Patrimônio Histórico da Secretaria de estado da Cultura, e de José Antônio Chinelato Zagato e Sarita carneiro Genovez, arquitetos da mesma Unidade. A oficina será ministrada pelos arquitetos Samuel Kruchin e Cristine Gonçalves, que introduzirão os participantes ao universo da preservação da arquitetura, abordando os princípios técnicos, formais e legais no âmbito público e privado.
 
Samuel Kruchin e Cristiane Gonçalves são arquitetos especializados em patrimônio e restauro. O escritório de Kruchin tem feito obras de restauro historicamente valiosas para o Estado de São Paulo, como a casa do Regente Feijó (Sítio do Capão), a bolsa de Café e Mercadorias de Santos e a estação ferroviária de Bananal.
 
O programa de oficina será desenvolvido em módulos temáticos, com 13 horas/aulas, e um fórum com 2 horas/aula, destinado à discussão de questões locais à luz do que foi apresentado anteriormente.
 
Temas abordados: história do restauro e princípios gerais de preservação desde o século XIX até os dias atuais; organização das primeiras estruturas legais e os organismos internacionais e nacionais de preservação; procedimentos básicos para o desenvolvimento de projetos de restauro e metodologia para intervenção em bens de natureza urbanístico-arquitetônica; e estudos de casos apresentando experiências concretas de intervenção no patrimônio edificado. Fechando a atividade, os participantes são estimulados a distir questões relacionadas à preservação do patrimônio arquitetônico local.
 
As inscrições podem ser feitas pela internet, ww.amparo.sp.gov.br/cursos, ou pessoalmente, na Central de Capacitação (Praça da bandeira, nº 6 – Centro), de Segunda a sexta-feira, das 8hàs 11h e das 13h às 17h.
Telefones para informações: (19) 3808-1277,3817-9224 e 3817-9239.
 
Serviço:
Patrimônio Arquitetônico: Princípios Gerais de Preservação e Projeto
Período: 25 a 27 de maio de 2012
Horários:
Dia 25, sexta-feira: das 19h às 22h.
Dia 26, sábado: das 9h às 13h e das 14h às 18h.
Dia 27, domingo: das 9h às 13h.
Local de realização: Auditório da Rádio Cultural Municipal (Rua José Alves de Godoy, nº 101, Centro – Amparo/SP)
Público: profissionais e estudantes de Arquitetura, Urbanismo, Engenharia, História, Museologia, Comunicação, Artes, Gestão Pública e Turismo; agentes e produtores culturais; professores e demais interessados no tema.
Inscrições: até 24 de maio
Vagas: 30 vagas
Entrada: gratuita