Últimos dias da exposição “Porta, porteira e portão: modos de ‘falarrr’ e costumes do ‘interiorr” fica até 28 de agosto, no Museu Gustavo Teixeira

Com curadoria do museólogo Rodrigo Luiz dos Santos e da historiadora Renata Gava, a mostra chega à cidade por meio da parceria entre o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) e Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari (ACAM Portinari), instituições ligadas à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, e a prefeitura.

O objetivo é disseminar o conhecimento sobre a verdadeira identidade e o repertório caipira, valorizando a tradição local e preservando a memória cultural. A expografia foi concebida fazendo uma alusão a estruturas de portas, portões e porteiras de madeira rústica como suportes expositivos. Será utilizado artesanato local, gaiolas, símbolos referenciais do interior paulista, todavia, com uma leitura contemporânea.

A proposta da interação com o público é possibilitar a ativação da memória afetiva e evidenciar peculiaridades da identidade interiorana por meio de seu modo de falar, costumes, música, artes, culinária e religiosidade, tão presentes nas lembranças e no cotidiano. A itinerância mostra o caipira como sinônimo de um modo de vida que tem como base a subsistência, simplicidade e caráter de solidariedade entre os demais. No espaço expositivo também estão previstos músicas caipiras e sonorização ambiente para a extroversão artística de cada visitante.

 

Serviço
“Porta, Porteira, Portão: modos de ‘falarrr’ e costumes de ‘interiorrr'” – São Pedro
Período: de 08/07 a 28/08/2016
Local: Museu Gustavo Teixeira – Rua Joaquim Teixeira de Toledo, 524 – Centro 
Horário: terça a sexta 9h às 17h – sábados, domingos e feriados 09h às 13h.
Informações: (19) 3481-9205
Entrada: gratuita

 

13662204 1064296976940847 7738332878833244474 o

 

Fonte: Museu Gustavo Teixeira
Imagem: Divulgação