Museu Catavento realiza exposição sobre a cientista Marie Curie no Museu da Energia de Itu

A exposição Marie Curie 1867-1934 ficará disponível ao público durante curto período

O Museu Catavento realiza exposição em parceria ao Museu da Energia de Itu a partir de 25 de agosto. A mostra faz parte das ações desenvolvidas pelo Programa de Integração ao SISEM-SP do Museu Catavento.

A exposição “Marie Curie 1867-1934” que conta com 13 painéis sobre a vida dessa grande cientista foi criada em 2011, ano consagrado pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Ano Internacional da Química, em comemoração ao 100º aniversário do Prêmio Nobel de Química, conquistado pela cientista franco-polonesa Marie Curie.

O Consulado Geral da França em São Paulo promoveu naquele ano a mostra temporária “Marie Curie 1867-1934”, que esteve em exposição no Museu Catavento por aproximadamente três meses. Desenvolvida pelo Instituto Curie de Paris, a mostra tem como objetivo levar ao conhecimento público os feitos da cientista, que foi a primeira mulher a receber o Prêmio Nobel e único cientista a ser condecorado duas vezes com o prêmio: um de Física (1903), pelas suas descobertas no campo da radioatividade, e outro de Química (1911), pela descoberta dos elementos químicos: Rádio e Polônio.

Essa ação foi pensada para os diferentes públicos do Museu da Energia de Itu, e faz parte do Programa de Integração ao SISEM-SP, que busca aproximar o Museu Catavento a outras instituições museológicas e centros culturais do estado de São Paulo. O SISEM-SP (Sistema Estadual de Museus de São Paulo) é uma instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado.

Serviço – Exposição Marie Curie 1867-1934

Período: 25 de agosto a 21 de dezembro de 2021.

Horário: De quarta a sábado, das 10h às 17h.

Local: Museu da Energia de Itu.

Classificação indicativa: Livre para qualquer idade.

Capacidade: 10 pessoas por horário (necessário agendamento prévio).

Endereço: R. Paula Souza, 669 – Centro, Itu.

Informações: http://www.museudaenergia.org.br/

Fonte: Museu Catavento