SISEM-SP realizou o Seminário sobre o Marco Conceitual Comum em Sustentabilidade de Museus

Em 24 de janeiro, aconteceu o Seminário sobre o Marco Conceitual Comum em Sustentabilidade de Museus, no Salão Nobre da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Promovido pela Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM) do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria, o evento teve como objetivo interpretar as questões-chave do Marco Conceitual Comum em Sustentabilidade do Ibermuseus, apropriando-as em consonância com os marcos legais e a Política Cultural da Secretaria para a formulação do Plano Estratégico para a Gestão Sustentável em Museus.

Durante o evento, os participantes puderam contribuir com propostas e observações para o Marco Conceitual Comum em Sustentabilidade.

Para isso, foi pedido que todos lessem previamente os documentos: “Sustentabilidade das Instituições e Processos Museais Ibero-Americanos  ̶  A construção de um Marco Conceitual Comum de Novembro de 2019”, de Patrícia Albernaz, do IBRAM e “Sustentabilidade em Museus: do conceito à prática”, de Davidson Kaseker, diretor do GTC/SISEM-SP.

Veja como foi a programação:

14h00 – Credenciamento

14h15 – Abertura: Gestão de Museus e Sustentabilidade, com Antonio Thomaz Lessa Garcia Junior, coordenador da UPPM – Renata Motta, ICOM/Brasil – Davidson Kaseker, Diretor do GTC/SISEM

15:00 – Exibição do Vídeo Sutentabilidade – IBERMUSEUS https://youtu.be/1F1qnAbn5To

15:25 – Princípios do Diagnóstico Situacional – PES- Luiz Palma/UPPM

15:40 – Alinhamento de visões e proposições de abordagens. Trabalho em quatro sub-grupos correspondentes às dimensões Ambiental, Econômica, Social e Cultural.

16:30 – Apresentação em plenária pelos relatores dos grupos das análise e proposições.

FINAL: Indicações para a formação do Grupo Técnico da Política Setorial e do Grupo de Trabalho do Plano Estratégico.

17:00 – Encerramento

Fonte: SISEM-SP