SISEM-SP realiza live para lançar a política pública paulista de sustentabilidade em museus

Evento abordará as diretrizes pautadas nos eixos Econômico, Ambiental, Social e Cultural que serviram de base para o documento norteador da política pública

Para marcar o lançamento da Política SP de Museus e Sustentabilidade, em 23 de fevereiro, às 16h, será realizada uma live no Youtube do Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado.

A formalização de políticas públicas para a gestão da sustentabilidade nas instituições museológicas é uma fase importante no desenvolvimento do Programa de Sustentabilidade em Museus da Secretaria e servirá como referencial para o conjunto de museus não só do estado, como de todo o país.

Renata Cittadin, diretora do SISEM-SP, fará a abertura e a mediação das exposições. Em seguida, Davidson Panis Kaseker, gerente do Museu das Culturas Indígenas, dará início às apresentações falando sobre o processo de construção do documento de orientação sobre sustentabilidade em museus, que entrou em fase final com a consulta e a audiência pública realizadas no fim de 2021, para discutir e consolidar as diretrizes de gestão sustentável.

Na sequência, serão abordados os eixos:

– Ambiental, com Fernanda Morais, historiadora com especialidade em História da Arte, é coordenadora do Setor Educativo da Fundação Energia e Saneamento;

– Social, com Cláudia Isabel Ribeiro Santos, historiadora e gestora do Museu Major Novaes de Cruzeiro;

– Cultural, com Maria de Lourdes Marszolek Bueno, gestora cultural da Ampararte Empreendimento, Consultoria e Desenvolvimento em Psicologia e Arte Educação;

– Econômico, com Luiz Palma, psicólogo social, membro do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP.

O encerramento dos trabalhos, após questões do público participante, será conduzido por Paula Paiva Ferreira, coordenadora da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM/SCEC).

Participantes

Davidson Panis Kaseker

Mestre em Museologia pela Universidade de São Paulo (PPGMUS-USP). Graduado em Letras pela USP (1983). Possui especialização em Gestão e Políticas Culturais pela Universidade de Girona (ES), Administração de Empresas pela FAAP – Faculdades Armando Álvares Penteado, Gestão e Política Cultural pela Universidade de Girona (ES)/Itaú Cultural e em Gestão Estratégica da Sustentabilidade pela FIA – Fundação Instituto de Administração.

Foi secretário municipal da Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal de Itapeva de 2007-2012 e membro do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo – Condephaat, no período de 2019-2020. De 2013 a 2021, foi diretor do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP). Em janeiro de 2022, assumiu a gerência do Museu das Culturas Indígenas, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari.

Fernanda Morais

Historiadora e especialista em História da Arte é representante Regional do SISEM-SP, é coordenadora do Setor Educativo da Fundação Energia e Saneamento mantenedora dos Museus da Energia articulando os setores educativos dos Museus da Energia de Itu, São Paulo e Salesópolis.  

Cláudia Isabel Ribeiro Santos

Historiadora com mestrado em História Social, atua desde 2014 como gestora do Museu Major Novaes de Cruzeiro, é responsável pela construção do Projeto Museográfico e curadoria das exposições organizadas pela instituição. Implantou a proposta “Museu de todes, museu para todes” no intuito de que a comunidade fosse coagente na construção das atividades culturais, numa gestão horizontalizada e democrática do espaço museal. 

Maria de Lourdes Marszolek Bueno

Diretora de arte educação, produtora cultural e proprietária da empresa Ampararte Empreendimento, Consultoria e Desenvolvimento em Psicologia e Arte Educação. Atua em projetos comunitários junto as diferentes instituições religiosas, educacionais, na área da saúde e com grupos de inclusão. Desenvolve projetos de arte educação, na relação Museu/ comunidade, com ações de extramuro e formações de públicos para Museus; Membro do grupo Orla Cultural Museus da Baixada Santista, desde 2010; Membro do CONDESB, na Câmara de Cultura, AGEM, RMBS, desde 2008; foi conselheira no COSISEM-SP, no terceiro biênio; Membro fundador do Instituto Histórico e Geográfico de Praia Grande. 

Luiz Palma

Exerce funções técnicas no SISEM-SP. Psicólogo Social e artista plástico. Doutor e Mestre em Psicologia Social – PUC/ São Paulo. Foi presidente da Escola Nacional de Administração Pública e diretor da Escola de Sociologia e Política de SP. Técnico de políticas sociais na FUNDAP – Fundação do Desenvolvimento Administrativo durante três décadas. Criou nos anos 80 em SP o Astrolábio Ateliê. Autor de “Arte e psique: um poder sem majestade”. Editora Escuta. SP: 2019. 

SERVIÇO

Live de lançamento da Política SP de Museus e Sustentabilidade

Data: 23/02

Horário: 16h

Local: canal do SISEM-SP no Youtube

Fonte: SISEM-SP