SISEM-SP participa do 2º Seminário Memória e Esporte

Com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), em parceria com o Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas sobre Futebol e Modalidades Lúdicas (Ludens), o Museu do Futebol, os Museus de Esportes, a Secretaria de Esporte e Lazer e a Prefeitura de São José dos Campos, foi realizado nos dias 24 e 25 de setembro o 2º Seminário Memória e Esporte, no Auditório do Centro Cultural e Recreativo do Esporte Clube Pinheiros (CCR-ECP), em São Paulo. O evento contou com mesas de debates para a discussão de temas de interesse para o público.

Prestigiaram a abertura do encontro, o presidente do Esporte Clube Pinheiros, Luis Eduardo Dutra Rodrigues, o presidente do Centro Pró-Memória Hans Nobiling do ECP/SP, Synésio Alves de Lima e profissionais da área museológica.

No primeiro dia (24/9), aconteceram mesas de debates e apresentações de trabalhos sobre memória esportiva e história oral, além de apresentações de vídeos, fotos e áudios de acervos de museus e centros de memórias paulistas.

A mesa “Os agentes da Memória Esportiva” contou com a participação de Flavio de Campos (Coordenador Científico do Ludens/USP), Paulo Cesar Garcez Marins (Historiador, docente do Programa de Pós-graduação em Museologia da USP), Celso Unzelte (Jornalista/Casper Líbero) e Wilson Gambeta (Formado em História e Filosofia pela FFLCH/USP).

No período da tarde, na mesa “Oralidades”, os convidados foram Daniela Alfonsi (Coordenadora do Museu do Futebol – Doutoranda/FFLCH/USP – Ludens), José Carlos Sebe Bom Meihy (Coordenador do NEHO/FFLCH/USP), Victor Sá Ramalho Antônio (Historiador/FFLCH/USP) e Silvia Regina Cesar de Jesus (do Centro de Memória Esportiva Museu De Vaney de Santos).
Já o dia 25 de setembro foi marcado pela reunião da Rede de Memória do Esporte. Na ocasião, 12 instituições acordaram algumas ações, como a realização de oficinas de conservação para os membros e visitas esporádicas do grupo às unidades participantes da Rede.

Com o tema “Diagnóstico”, o debate contou com Yara Rovai (Centro Pró-Memória Hans Nobiling do ECP/SP), Mariana Rolim – (Rede de Museus de Ciências e Tecnologia), Francisco Cabral Alambert Júnior (Ludens/USP), Renata Motta (coordenadora da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico da Secretaria do Estado da Cultura), Davidson Panis Kaseker (diretor do SISEM-SP) e Luiz Fernando Mizukami (GTC/SISEM-SP).

Ao todo, participaram do evento 84 pessoas, entre pesquisadores, profissionais de instituições de memória esportiva e estudantes dos municípios de Barueri, Carapicuíba, Embu das Artes, Guarulhos, Itatiba, Osasco, Rio Claro, São José dos Campos, São Vicente, Votorantim, do Estado de São Paulo, além de Guaratuba e Curitiba, do Paraná. A primeira edição do Seminário ocorreu em 19 e 20 de setembro de 2011. 

Semirário de Esporte 1