SISEM-SP e Fórum Permanente lançam e-book gratuito sobre os 11 anos do Encontro Paulista de Museus

Livro digital reúne conceitos, políticas, redes, ações, público e memória do evento

Para celebrar a história e garantir um vasto acervo de informações relativas ao maior encontro do setor museal paulista, o Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o Fórum Permanente e a Organização Social de Cultura ACAM Portinari lançam o e-book “Panorama Reflexivo – 11 anos de Encontro Paulista de Museus”, disponível para download aqui:

e

O livro digital reúne conceitos, políticas, redes, ações, público e memória em um vasto material composto por textos dos principais dirigentes envolvidos em mais de uma década de construção e manutenção de uma política pública voltada aos museus do Estado. A obra conta também com uma seleção de relatos críticos produzidos para cada edição, além de um relato crítico retrospectivo sobre as principais mesas e desdobramentos gerados por cada EPM, entre outros materiais inéditos.

Destaque também para o posfácio “Para que serve o museu e como ele conversa com as necessidades da sociedade?”, de Ana Paula Sousa, que discorre sobre o extenso período no qual pode-se testemunhar a consolidação do modelo de gestão de parte dos equipamentos culturais do Estado por Organizações Sociais; o desenvolvimento e a institucionalização do SISEM-SP; a construção de uma relação equânime e de mão dupla entre a Capital e as instâncias culturais no interior do Estado e o processo de municipalização de alguns museus, entre outros temas relevantes que marcam a trajetória do EPM.

“A produção desse livro documento que registra com criticidade a trajetória de mais de uma década de realização ininterrupta do Encontro Paulista de Museus vem suprir uma lacuna na preservação da memória institucional desse evento, que construiu um legado de construções coletivas e parcerias memoráveis e lhe confere reconhecimento de fato e por direito como um dos mais relevantes espaços para a troca de experiências e debates do setor museal brasileiro”, diz Davidson Kaseker, diretor do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus (GTC/SISEM-SP).

Martin Grossmann, Diogo de Moraes Silva e Diego de Kerchove compõem a equipe do Fórum Permanente responsável pela organização editorial do e-book, com projeto gráfico de Arthur L. do Carmo.  “Esse livro tem o propósito de desenvolver uma revisão crítica, coletiva, dos últimos 11 anos do Encontro Paulista de Museus. O resultado se assemelha a uma paisagem cubista, com pretensões cézannianas, ao que cabe bem o título dado: um panorama reflexivo”, comenta Grossmann.

História do EPM

O Encontro Paulista de Museus (EPM) foi realizado pela primeira vez em 2009. Desde então, suas edições são realizadas anualmente, com o objetivo de colocar em prática as metas do SISEM-SP de divulgação e compartilhamento de informações entre os quase 500 museus que constituem a rede museal do Estado.

Com atividades que permitiram a troca de conhecimento e a constituição de uma base sólida de ferramentas para a profissionalização dos museus e suas equipes, o evento é considerado um marco da política pública paulista, permanecendo ativo durante cinco gestões de governadores distintos, reforçando assim a importância dos museus seja nos programas de governo de cada um dos gestores estaduais ou na manutenção de uma Política de Estado para a cultura em São Paulo.

O e-book destaca ainda outra marca importante dos EPMs: a consolidação da parceria entre a Secretaria de Cultura e Economia Criativa, idealizadora do EPM, a ACAM Portinari, que produziu os Encontros, e o Fórum Permanente, plataforma interdependente de mediação e ação cultural, que realizou a cobertura crítica de todos os EPMs, tradicionalmente, realizados na cidade de São Paulo.

Os relatos críticos, assim como o registro audiovisual das várias mesas e seminários proferidos nos EPMs ao longo de sua história, estão disponíveis gratuitamente no site do Fórum Permanente e do SISEM-SP.

“Para a ACAM Portinari, que é parceira na realização do EPM desde as primeiras edições, é uma honra e alegria participar desta publicação. Além do registro, que em si já encerra grande importância, soma-se à possibilidade de continuidade e reverberação das ideias, reflexões e trocas de experiências e, assim, ampliando as discussões de profissionais e interessados em museus”, diz Angelica Fabbri, diretora-executiva da ACAM Portinari.

Ainda de acordo com ela, “outro aspecto a destacar é o enriquecimento de bibliografia especializada, sempre muito bem-vinda e necessária que, certamente, contribuirá para o enriquecimento e fortalecimento da área museológica, não só no âmbito do Estado de São Paulo, como do país. Também não poderia deixar de mencionar a importância das parcerias e da atuação em rede para a execução de políticas públicas para museus e fortalecimento dos museus e seus profissionais, como o SISEM-SP, que tão bem atua e representa. Congratulações à UPPM/SEC, ao SISEM-SP, ao Fórum Permanente, a todos os autores e demais colaboradores envolvidos com a produção do e-book“, finaliza Angelica.

Fonte: SISEM-SP