Secretaria de Estado da Cultura apresenta exposição do Museu do Café de Santos em Marília

Itinerando pela primeira vez por meio do SISEM-SP, a mostra contextualiza a influência dos cafeicultores para a realização da Semana de Arte de1922 
 
A partir do dia 15 de agosto, a Secretaria de Estado da Cultura, por meio do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) leva a Marília a exposição “Paulo Prado, a Oligarquia Cafeeira na Semana de Arte Moderna”, produzida pelo Museu do Café de Santos. A mostra, que tem a parceria da prefeitura, contextualiza o cenário da década de 1920 e a influência dos incentivadores e patrocinadores para a realização da Semana de Arte de 1922.
 
O surgimento da ideia, a importância para o panorama artístico brasileiro e, principalmente, o papel daqueles que financiaram e viabilizaram a realização de um evento audacioso como foi a Semana de Arte Moderna, no Teatro Municipal de São Paulo, em 1922, estarão contextualizados em três painéis expostos na Biblioteca Municipal João Mesquita Valença. 
 
Nesse cenário, destaca-se Paulo Prado – homem de negócios, cafeicultor e conhecedor das ideias mais atuais da época – a quem coube o papel de líder do comitê responsável pelas despesas, atraiu o patrocínio da alta elite paulistana e ficou marcado como o grande promotor da Semana de 1922.
 
A mostra pode ser vista até 14 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, e a entrada é gratuita. O endereço da Biblioteca é Avenida Sampaio Vidal, nº 245 – Centro.
 
Serviço:
Exposição “Paulo Prado, a Oligarquia Cafeeira na Semana de Arte Moderna”
Período: 15/8 a 14/9/2012 
Endereço: Biblioteca Municipal João Mesquita Valença (av. Sampaio Vidal, nº 245 – Centro – Marília/SP)
Telefones: (14) 3454-7434/ 3422-3827
Horário: segunda a sexta-feira, das 8h às 19h