Secretaria de Cultura e Economia Criativa de SP bate recorde nos programas de fomento EM 2021

Balanço do ano aponta recorde de inscrições, editais e comissões, fruto do maior investimento realizado pelo Estado, R$ 204,5 milhões. No total, foram 6.136 projetos apoiados por meio do ProAC Editais, Direto, LAB, #JuntosPelaCultura e Difusão Cultural

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo divulgou o balanço deste ano dos cinco programas de fomento à cultura do Governo de São Paulo: ProAC Expresso Editais, ProAC Expresso Direto, ProAC Expresso LAB 2021, #JuntosPelaCultura e Difusão Cultural.

O saldo é extremamente positivo, com recorde de inscrições, 47.166 proponentes nos 63 editais e chamadas públicas, mais de 6 mil projetos apoiados e 361 municípios atingidos, sendo 58,7% no interior. Foi o maior investimento já realizado pelo Governo de São Paulo, R$ 204,5 milhões.

Neste ano, também foram realizados encontros com entidades do setor; implantação de um novo sistema integrado de gestão, que garante mais agilidade e qualidade na análise dos projetos; criação de um balcão virtual de dúvidas aos proponentes e o estabelecimento de uma política de indutores para gêneros, etnias e deficiências, além da cota de 50% para projetos do interior, que ocorre desde 2019.

“Esses resultados reforçam o compromisso do Governo de São Paulo no desenvolvimento da cultura no nosso estado, para que ela siga contribuindo para a inclusão, a diversidade e a democracia, considerando a dimensão econômica, a geração de renda, de emprego e de oportunidades”, afirma o Secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão.  “Esse compromisso se materializa em ações concretas, em orçamento e em muito trabalho para entregar esses resultados ao setor cultural de São Paulo.”

Recorde cultural

No total foram 5.283 projetos selecionados nos 51 editais e modalidades dos três programas do ProAC Editais, Direto e LAB 2021. Destes, 1.024 são com indutores de gêneros, etnias e deficiências. Um investimento de R$ 182,5 milhões, média de R$ 35 mil por projeto.

O #JuntosPelaCultura alcançou um total de 853 projetos selecionados, sendo 524 apresentados por 161 Prefeituras e outros 329 por produtores culturais, nas 12 chamadas públicas realizadas. Um investimento de R$ 11 milhões, média de R$ 12,4 mil por projeto.

Já o Difusão Cultural, apresentou 2.531 atividades para um público presencial de 26.791 mil pessoas e 2,65 milhões on line. Um investimento de R$ 11 milhões e média de R$ 4 mil por projeto. Entre as ações destacam-se Semana Guiomar Novaes, Festival de Circo Online de São Paulo, #SPGastronomia, #CulturaEmCasa, Arte Urbana + Concurso de Batalha de Rimas de São Paulo e Evento de Premiações da Cultura.

Investimento contínuo

Em 2022, o ProAC Expresso ICMS retorna, após ser substituído em 2021 pelo ProAC Expresso Direto, que manteve o mesmo valor de investimento, R$ 100 milhões, e o mesmo perfil, com parâmetros e ritos semelhantes e com o recurso chegando mais rápido ao proponente. A estimativa é de um investimento de R$ 250 milhões para os quatro programas de fomento no próximo ano ProAC Editais, ICMS, #JuntosPelaCultura e Difusão Cultural. As inscrições estão previstas para serem realizadas em março de 2022.

Confira o balanço completo dos programas de fomento à cultura de 2021:

PROAC EXPRESSO EDITAIS:

Valor total: R$ 61,5 milhões

Editais: 36

Projetos inscritos: 19.398

Projetos selecionados: 900 (5%) – em relação aos inscritos

Valor médio: R$ 68 mil

Municípios com projetos inscritos: 307

Participação do interior: 57%

PROAC EXPRESSO DIRETO

Valor total: R$ 100 milhões

Editais: 4

Projetos inscritos: 21.819

Projetos selecionados: 3.964 (18,2%) – em relação aos inscritos

Valor médio: R$ 25 mil

Municípios com projetos inscritos: 331

Participação do interior: 50,5%

PROAC EXPRESSO LAB 2021

Valor total: R$ 21 milhões

Editais: 11

Projetos inscritos: 3.337

Projetos selecionados: 419 (13%) – em relação aos inscritos

Valor médio: R$ 50 mil

Municípios com projetos inscritos: 201

Participação do interior: 50%

#JUNTOSPELACULTURA

Valor total: R$ 11 milhões

Editais: 12

Projetos inscritos: 2.612

Projetos selecionados: 853 (33%) – em relação aos inscritos

Valor médio: R$ 12.450,00

Municípios com projetos inscritos: 319

Municípios com projetos selecionados: 161

DIFUSÃO CULTURAL

Valor total: R$ 11 milhões

2.531 atividades realizadas

Público online: 2,65 milhões

Público presencial: 26.791

Valor médio: R$ 4 mil

Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa