SECRETARIA DE CULTURA E ECONOMIA CRIATIVA DE SÃO PAULO DISCUTE RETOMADA DE ATIVIDADES COM REPRESENTANTES DO SETOR

Pasta realiza reuniões e recebe sugestões para retorno seguro das atividades; plano será apresentado no dia 8 de maio, seguindo a evolução da pandemia e as diretrizes da área da saúde

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo está realizando reuniões diárias com representantes de instituições e associações do setor cultural e criativo para discutir possibilidades de retomada das atividades de museus, centros culturais, eventos, teatros, cinemas, circos e casas de espetáculo. As reuniões fazem parte de uma série de discussões que estão sendo realizadas pelos secretários estaduais e os setores com os quais atuam, a fim de construir um planejamento conjunto de retomada progressiva da economia, de maneira responsável e segura.

“Além das análises que estamos realizando e das diretrizes da saúde, é fundamental ouvirmos sugestões de quem atua na linha de frente e no dia a dia das instituições para a construção dos cronogramas e protocolos de retomada”, afirma o Secretário Sérgio Sá Leitão.

Além do Secretário, estão entre os participantes Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural e presidente do Conselho Estadual de Cultura e Economia Criativa; Fernando Altério, presidente da T4F; Luiz Davantel, CEO do Allianz Park; e Fabio Frayha, diretor de operações e finanças do MASP. Cinemark, Japan House, Federação Brasileira de Circo e Espaço das Américas também participam das discussões.

A Secretaria convidou também empresários no campo da economia criativa, das academias, de cursos de atividades físicas e de serviços de beleza a responderem um formulário com sugestões para a construção do planejamento. O Governo do Estado elaborou um modelo padrão para levantamento das informações e cada Secretaria adaptou as questões para suas especificidades, respeitando as orientações gerais. O plano final será condicionado à evolução da pandemia e às diretrizes da área da saúde.

Se você é empresário do setor cultural ou criativo, preencha o formulário em: Formulário | Plano São Paulo.

Fonte: Sec. de Cultura de SP