SEC-SP: ProAC Expresso Museus divulga projetos contemplados

Governo do Estado irá subsidiar 13 iniciativas, oito delas contemplam o interior e litoral

Saiu o resultado do Edital nº 13/2019 do Programa de Ação Cultural Expresso (ProAC Expresso) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, concurso destinado a apoiar projetos que visem à modernização de museus e arquivos dos mais diversos portes, de qualquer região do Estado. Ao todo, neste ano serão disponibilizados recursos de R$ 2 milhões.

Dos 82 projetos de difusão e preservação de acervos inscritos, foram selecionados 13, sendo contempladas ações em oito instituições do interior e litoral do Estado, número superior ao mínimo exigido no Edital. Os escolhidos devem obrigatoriamente oferecer contrapartidas, na forma, por exemplo, de exibições ou oficinas gratuitas, entre outras. Dez instituições estão na lista de suplentes e poderão ser convocadas respeitando os parâmetros específicos do Edital.

“Nesta edição, o Edital de Museus e Arquivos elevou para R$ 200 mil o teto de repasse para cada projeto e, consequentemente, os projetos ganharam em consistência podendo abranger ações estruturantes que certamente contribuirão significativamente para a modernização e qualificação das instituições contempladas”, avalia Davidson Kaseker, diretor do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus (GTC/SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Recursos

Caberá um único recurso, no prazo de cinco dias úteis da publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) da Ata da Comissão de Seleção de Projetos e da Ata da Comissão de Análise da Documentação. A critério da Comissão de Análise da Documentação será admitido o saneamento de falhas na documentação do subitem “6.2” dos Parâmetros Específicos do Edital (Parte I).

Serão aceitos os recursos enviados até as 23h59 conforme data estipulada no subitem “3.1”, em formato PDF, em um único arquivo no tamanho de 5 Mb, exclusivamente por meio do sistema on-line disponível no site: www.proac.sp.gov.br.

Não será aceito nenhum recurso protocolado na Secretaria ou recebido por via postal. 

Atenção aos prazos e documentação para a contratação
Para que não haja problemas, é importante que as instituições fiquem atentas aos prazos estipulados e à documentação exigida para a obtenção dos recursos.

A Secretaria convocará os proponentes habilitados que tiverem seu projeto selecionado para assinar o contrato nos termos e valores determinados no Edital por meio de publicação de Comunicado de Resultado Final do DOE e também por correspondência eletrônica ao e-mail cadastrado no sistema on-line.

O proponente deverá apresentar-se pessoalmente à Secretaria, localizada na Rua Mauá, nº 51, 2° andar, sala 205 (Sala ProAC Editais), no bairro Luz, em São Paulo, das 10h às 12h e das 14h às 16h, no prazo máximo de 15 dias úteis a contar da data do Comunicado do Resultado Final no DOE, como condição para formalizar o contrato. Levar a documentação exigida pelo Edital para apresentação no local.

“Foram contemplados projetos com propostas diversas e muito importantes para o setor. E a proposta é justamente essa, fortalecer os museus e instituições em todo Estado, para que eles sejam agentes vivos de educação, convívio e transformação social”, afirma Kaseker.

Propostas contempladas

Saiba quais são os projetos contemplados com prêmios de até R$ 200 mil cada:

“Museu da Pessoa – Modernização e difusão”, Instituto Museu da Pessoa.Net (São Paulo)

“Tesouros Arqueológicos – Conservação das coleções de metais de arqueologia clássica e pré-colombiana”, Francis Melvin Lee Desenhos-ME (São Paulo).

“Reestruturação da área de guarda e setores técnicos do Museu Major José Levy Sobrinho”, Academia Limeirense de Letras (Limeira).

“Documentação e transparência do acervo museológico da Fundação Energia e Saneamento”, Fundação Patrimônio Histórico da Energia e Saneamento (São Paulo).

“Modernização MHFPML – 100 anos da A menina do nariz arrebitado”, Diana Costa Poepcke-ME (Taubaté).

“Mario Pedrosa 120 anos”, CEMAP – Interludium – Centro de Estudos do Movimento Operário (São Paulo).

“Implementação do plano de gestão de riscos do acervo campineiro do Museu da Imagem e do Som”, Cobalto Produções, Projetos, Editora e Comunicação Ltda ME (Campinas).

“Casa do povo: arquivo em movimento”, Instituto Cultural Israelita Brasileiro, (São Paulo)

“Intervenção expográfica ‘Ruínas quinhentistas em território milenar’”, Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (São Paulo).

“Caminhos do patrimônio sacro paulista: os bens culturais da Diocese de Limeira”, Instituto Sócio Cultural Cássio Freitas Levy (Limeira).

“Preservando o acervo do Museu do Sol”, Fundação de Arte de Penápolis (Penápolis).

“Acesso ao patrimônio cultural em saúde pública no interior paulista”, Gava & Santos Consultoria e Assessoria Cultural Ltda (São Pedro).

“Adequação da área de guarda de exposição e de manuseio das coleções do Museu de São Carlos”, Associação Instituto Cultural Janela Aberta (São Carlos).

Fonte: ProAC Expresso