Repositório COVID-19 para museus: novos recursos estão disponíveis

Novos relatórios que abordam a situação dos museus frente à pandemia de Covid-19 sob diferentes perspectivas, além de programas de apoio e medidas governamentais que foram propostas e implementadas por organizações e Estados, estão disponíveis na seção Repositório COVID-19 para museus do Ibermuseus .

No âmbito da pandemia e com o objetivo de apoiar as instituições da região, o Ibermuseus, po rmeio do Observatório Ibero-americano de Museus, disponibiliza o Repositório que conta com mais de 60 materiais documentais de referência para as instituições. Por meio deles, o impacto dessa crise de saúde pode ser conhecido e compreendido, mas também podem ser usados ​​como guia e referência para processos de apoio, reabertura e muito mais.

Entre os documentos mais recentes incorporados ao repositório estão: museus espanhóis diante da pandemia COVID-19O público do museu em tempos de pandemia (Espanha); Museus ao redor do mundo contra COVID-19 (UNESCO) e o inquérito sobre museus e COVID-19 realizado pela Rede de Organizações Europeias de Museus (NEMO). Esses estudos visam a explorar tanto a situação quanto as estratégias desenvolvidas pelos museus durante o período de fechamento em 2020 e os processos de reabertura.

Os estudos reúnem estatísticas de diferentes instituições ao redor do mundo. Eles também mostram em profundidade a situação dos museus e de seus trabalhadores diante da emergência global de saúde. E, propõem diferentes ações a serem desenvolvidas por governos e outras organizações.

Por outro lado, o Repositório dispõe de informação sobre medidas de apoio a museus ibero-americanos como a desenvolvida pela Rede Portuguesa de Museus, e medidas governamentais como a adotada pela Colômbia na convocatória ReactivARTE, ARTE JOVEN 20 x 21, da qual os museus colombianos adquiriram o trabalho de jovens artistas para facilitar a expansão de suas coleções e recuperar seu público.

Fonte: Ibermuseus