Portinari, Volpi, Tarsila do Amaral e outros entram em exposição em Praia Grande

“100 Anos de Pinacoteca” apresenta panorama da arte brasileira no PDA

A Galeria Nilton Zanotti, no Palácio das Artes, recebe um verdadeiro presente da Pinacoteca do Estado: uma seleção de 58 obras de 44 artistas compõe um panorama da arte brasileira desde o século 19 aos dias de hoje. Até 1º de março, quem visitar o complexo cultural poderá conhecer de perto obras de nomes como Lasar Segal, Alfredo Volpi, Victor Brecheret, Candido Portinari, Livio Abramo e Almeida Junior, entre outros. A mostra, itinerada pela Secretaria da Cultura de Estado, por meio do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), é comemorativa aos 110 anos da Pinacoteca do Estado. A visitação é gratuita.

“A intenção é contar a história do acervo da Pinacoteca, e através dele, apresentar um recorte da história da arte no Brasil”, pontua a curadora da exposição, Fernanda Pitta. “É uma mostra bem variada, com diversos artistas de diferentes períodos, começando pelo século 19, quando há um início de produção artística no País, com a fundação da Academia de Artes”.

Maior expoente da produção artística dos anos de 1800 no Brasil, Almeida Júnior vem representado por suas obras mais significativas: “Caipira Picando Fumo”, de 1893, adquirido pela Pinacoteca em 1905, e “Amolação Interrompida”, do mesmo ano, ambos em óleo sobre tela. A história segue com a abertura dos portos e a instalação da Academia Imperial de Belas Artes, com a chegada de pintores estrangeiros que aqui fizeram retratos da paisagem e cultura brasileiras. O Brasil de 1800 visto da ótica europeia está em trabalhos de Vitor Meireles e Pedro Américo, entre outros.

O Modernismo chega representado por obras de expoentes como Tarsila do Amaral, Lasar Segal e Livio Abramo. Nas décadas de 40 e 50, a arte abstrata-geomética de Anatol Wladyslaw e Alfredo Volpi na década de 70. A arte pop de viés político no mesmo período é representada por artistas como Rubens Gershman, Claudio Tozzi e Maurício Nogueira Lima. Nos anos 80, o público poderá ver de perto a arte conceitual de Hudinilson Junior, a fotografia de Alair Gomes e gravuras de Regina Silveira, além das distorções de imagem de Farnese Andrade.

Também estão presentes Iran do Espírito Santo, Regina Silveira, Rochelle Costi, Victor Brecheret, Willys de Castro e outros grandes nomes. “Nossa intenção é surpreender o público”, comenta Fernanda. “Mesmo os nomes mais conhecidos do grande público, como Tarsila do Amaral e Portinari, vêm com obras completamente diferentes das características usuais. Mesmo nos artistas mais conhecidos, buscamos facetas que não se conhecem”.

Exposição-Pinacoteca-Foto-Jairo-Marques
Divulgação

Clique aqui e confira imagens da abertura da mostra!

Serviço:
Exposição 100 Anos de Pinacoteca
Período: até 1/3/2015
Horário: de terça-feira a sábado, das 14 às 18 horas
Local: Galeria Nilton Zanotti Palácio das Artes (Avenida Pres. Costa e Silva, nº 1600 – Praia Grande/SP)
Informações: (13) 3496-5713
Entrada: gratuita