PESQUISA SOBRE CONECTIVIDADE NOS MUSEUS PAULISTAS PODE SER RESPONDIDA ATÉ 26 DE JUNHO

Rápido e fácil de ser preenchido, questionário on-line possibilitará a coleta de dados que servirão como base para futuras ações virtuais

Para levantar informações sobre quais são as condições de acesso à internet nas instituições museológicas paulistas e obter dados sobre as capacidades de conectividade e presença na rede mundial de computadores, o Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, realiza a pesquisa “Museus e Conectividade”, que teve o prazo prorrogado até o dia 26 de junho.

A partir do resultado, será possível ao SISEM-SP fazer um mapeamento dos perfis e atuações dos museus durante o isolamento social, medida necessária para o combate à COVID-19. Os dados coletados servirão como subsídios para futuras ações virtuais a serem desenvolvidas pelo Sistema por meio de parcerias com instituições do setor museológico.

“Neste momento em que nos encontramos em meio a uma pandemia e em distanciamento social, com as instituições museológicas fechadas para o público, as ações virtuais têm sido extremamente importantes para a difusão da cultura. E para o SISEM-SP é fundamental termos um panorama de como está a questão do acesso, da atuação de cada museu e como está a disponibilização de materiais por meio digital nas instituições do Estado. Por isso, reforço a todos a necessidade de colaborar respondendo ao questionário, que é rápido e muito fácil de ser respondido”, diz Davidson Kaseker, diretor do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP (GTC/SISEM-SP).

A pesquisa estará disponível até o dia 26 de junho, para participar, clique aqui.

Fonte: SISEM-SP