Pela primeira vez, Alto Tietê terá representatividade no SISEM-SP

Municípios irão eleger, dia 22, dois representantes da Região com o objetivo de fortalecer ações para funcionamento dos museus locais

Com 11 municípios, três milhões de habitantes e 14 museus e espaços de preservação de memória, o Alto Tietê pela primeira vez terá representatividade no Sistema Estadual de Museus (SISEM – SP), vinculado à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. No próximo dia 22, serão eleitos dois gestores municipais (titular e suplente) que passarão a integrar as Representações Regionais.

A novidade foi anunciada pelo diretor do SISEM-SP, Davidson Panis Kaseker, aos integrantes da Câmara Técnica de Cultura do CONDEMAT – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê nesta quarta-feira (01/08), durante reunião na sede do consórcio em Mogi das Cruzes.

Os representantes do Alto Tietê serão escolhidos no próximo dia 22 pela Câmara Técnica de Cultura do Condemat a partir das indicações que forem feitas pelos municípios. Os eleitos irão integrar, pelos próximos dois anos, o grupo de trabalho composto por gestores das principais regiões administrativas e das duas regiões metropolitanas do Estado, sendo que as Representações Regionais atuam na definição das prioridades e no planejamento das ações do SISEM-SP para a área museológica nas respectivas regiões.

“As representações regionais são a ponte entre o grupo técnico da Secretaria de Estado e os museus locais. Diante da necessidade de atender melhor a Região Metropolitana de São Paulo e as regiões com maior concentração de museus, nós empreendemos agora uma reestruturação do Sistema Estadual de Museus e, nela, criamos a regional do Alto Tietê, onde já existe uma articulação através do consórcio”, ressaltou o diretor do SISEM-SP.

A novidade foi comemorada pelos integrantes da Câmara Técnica de Cultura, pois a inclusão do Alto Tietê no grupo estadual é fruto de um trabalho realizado pelo coletivo de municípios desde o ano passado, quando se buscou uma maior aproximação com a Secretaria da Cultura do Estado.

“Isso será muito importante porque a Região passará a ter voz para pleitear e defender ações que fortaleçam o funcionamento dos museus e espaços de preservação da memória que temos no Alto Tietê”, destacou Geraldo Garippo, coordenador da Câmara Técnica de Cultura do Condemat. “Essa resposta do Estado confirma a importância da atuação regional e propiciará maior respaldo técnico para o funcionamento dos espaços existentes e a inclusão de novos, assim como melhoria de acervos e realização de exposições”, acrescentou.

Os 14 museus e espaços de preservação da memória do Alto Tietê, listados no SISEM-SP, são:

Guararema
. Estação Ferroviária de Luís Carlos
. Casa da Memória

Guarulhos
. Museu Histórico Municipal de Guarulhos

Itaquaquecetuba
. Museu Municipal de Itaquaquecetuba

Mogi das Cruzes
. Centro de Cultura e Memória Expedicionários Mogianos
. Centro de Exposições Cidades Irmãs
. Memorial Taro Konno
. Museu do Divino Espírito Santo
. Museu das Igrejas do Carmo
. Museu Histórico Professora Guiomar Pinheiro Franco
. Museu Visconde de Mauá
. Pinacoteca

Salesópolis
. Museu da Energia – Usina Parque de Salesópolis

Suzano
. Museu de Arte e Memória de Suzano

Fonte: Jornal Ouvidor