Museus que exploram os cinco – ou mais – sentidos

Museu Afro, Museu do Café, Pinacoteca, MIS e Casa das Rosas são alguns dos espaços selecionados

Não dá para negar que São Paulo tem alguns dos museus mais lindos do Brasil – e, quiçá, do mundo! Os temas abordados por eles são muito variados: futebol, arte sacra, arquitetura, pinturas, poesias e história, entre tantos outros.

Tanto as temáticas como a experiência de adentrar os espaços agem diretamente nos nossos cinco – ou mais – sentidos e promovendo todo o tipo de emoções.

Para você se emocionar com as belezas da capital, selecionamos museus que estimulam os sentidos e que valem a pena uma bela visita! Que tal?

Casa das Rosas

  • Museus para usar o tato

Catavento Cultural e Educacional
Museu de Ciência e Tecnologia, instalado no Palácio das Indústrias, um dos edifícios históricos mais importantes da cidade, oferece mais de 250 instalações, com atrações do mundo que o homem encontrou pronto e daquele que ele construiu com seu engenho e arte. O espaço interativo, que abriga quatro grandes seções – Universo, Vida, Engenho e Sociedade, proporciona, para crianças e adultos, uma viagem lúdica ao mundo do conhecimento e da cultura.
Endereço: Av. Mercúrio, s/n – Brás
Telefone: (11) 3315-0051
Visitação: terça a domingo, das 9h às 16h

Museu do Futebol
Instalado no avesso das arquibancadas do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho – o Pacaembu, o Museu do Futebol foi inaugurado em setembro de 2008. Mais do que esporte, o tema do Museu é sobre a história do povo brasileiro. Apresenta, de forma divertida e interativa, o Brasil do século XX e mostra como nossos usos, costumes e comportamentos são inseparáveis da trajetória desse esporte.
Endereço: Estádio do Pacaembu – Praça Charles Miler, s/n
Telefone: (11) 3664-3848
Visitação: terça a domingo, das 9h às 17h

  • Museu para ver e ouvir

Museu da Imagem e do Som de São Paulo
O espaço é um museu público estadual inaugurado em 1970. Seu acervo conta com mais de 200 mil itens como fotografias, filmes, vídeos e cartazes. Além exposições e mostras de cinema regulares, o MISpossui uma programação cultural diversificada, como a Maratona Infantil voltada para crianças, Estéreo MIS, Notas Contemporâneas e Green Sunset  (música), Cinematógrafo e Ópera no MIS (Cinema).
Endereço: Av. Europa, 158 – Jardim Europa
Telefone: (11) 2117-4777
Visitação: terça a sábado, das 9h às 21h; domingo, das 11h às 20h

  • Museus de arte para admirar

Museu de Arte Sacra de São Paulo
Aberto desde 1970, o museu é uma referência em História e Arte Sacra. Está localizado no Mosteiro da Luz, construído em 1774, um dos mais importantes e bem conservados monumentos arquitetônicos da cidade. O museu exibe obras dos séculos XVI a XX, como esculturas, presépios e pinturas, que nos ajudam a entender a Arte e a História do Brasil e do mundo.
Endereço: Av. Tiradentes, 676 – Luz
Telefone: (11) 3326-3336
Visitação: terça a domingo, das 9h às 17h

Pinacoteca de São Paulo
A Pinacoteca de São Paulo é um museu de artes visuais com ênfase na produção brasileira do século XIX à contemporaneidade. Fundada em 1905 é o museu de arte mais antigo da cidade e está instalada no antigo edifício do Liceu de Artes e Ofícios, projetado no final do século XIX pelo escritório do arquiteto Ramos de Azevedo. O primeiro andar destina-se a exposições temporárias, e o segundo apresenta as obras que integram a coleção do museu.
Endereço: Praça da Luz, 2 – Luz
Telefone: (11) 3324-1000
Visitação: quarta a segunda, das 10h às 17h30

  • Museu para “degustar”

Museu do Café
Este é um bônus, pois fica em Santos! Instalado no edifício da antiga Bolsa Oficial de Café, o Museu do Café, instituição da Secretaria do Estado da Cultura, foi criado em 1998 com o objetivo de preservar e divulgar a histórica relação entre o café e o Brasil. Entre os destaques do acervo estão telas e um vitral de Benedicto Calixto e o Salão do Pregão – composto por uma mesa principal e setenta cadeiras -, onde eram realizadas as negociações que determinavam as cotações diárias das sacas de café na época.
Endereço: R. Quinze de Novembro, 95 – Centro – Santos
Telefone: (13) 3213-1750
Visitação: terça a sábado, das 9h às 17h; domingo, das 10h às 17h

  • Museus para pensar

Museu Afro Brasil
Estabelecer, contextualizar e reconhecer as profundas relações entre a África e o Brasil é a missão principal do Museu Afro Brasil, equipamento da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, instalado no Parque do Ibirapuera. Seu acervo conta com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, joias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XV e os dias de hoje.
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, Portão 10 – Parque Ibirapuera
Telefone: (11) 3320-8900
Visitação: terça a domingo, das 10h às 17h

Museu da Diversidade
Criado em 25 de maio de 2012, o Museu da Diversidade Sexual é o terceiro do mundo e primeiro da América Latina relacionado à temática. Sua a missão é valorizar a diversidade sexual no Brasil por meio de ações de pesquisa, salvaguarda e comunicação do patrimônio material e imaterial, a partir da abordagem da história da população LGBT, do ativismo político e do legado sociocultural, entendendo seu papel importante e transformador da cultura brasileira. Até dezembro de 2015, o equipamento da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo já tinha recebido mais de 150 mil visitantes.
Endereço: Estação República do Metro – Mezanino – Loja 518 – Av. Ipiranga – República
Telefone: (11) 3882-8080
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h

Memorial da Resistência
Criado em 24 de janeiro de 2009, o Memorial da Resistência de São Paulo tem como compromisso cívico a reconstrução da memória e da história política do Brasil e é um equipamento da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo. O prédio onde está localizado o Memorial da Resistência foi inaugurado em 1914 e abrigava originalmente armazéns e escritórios da Estrada de Ferro Sorocabana.  Durante o período da Ditadura Militar, o edifício passou a abrigar o DOPS – Departamento Estadual de Ordem e Política Social, que funcionou no local por quase meio século. De 1983 a 1988, o prédio sediou também o Decon – Delegacia do Consumidor. Já em 1988, o edifício foi transferido para a Secretaria de Estado da Cultura e, em 1999, foi tombado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico).
Endereço: Largo General Osório, 66 – Santa Ifigênia
Telefone: (11) 3335-4990
Visitação: quarta a segunda, das 10h às 18h

  • Museus com jardins

Museu da Imigração
Reinaugurado em 2014, o museu fica na Mooca e tem um jardim que mais se parece um parque, com 2.900m², que atrai muitos visitantes do bairro. Possui várias espécies de árvores e plantas, entre elas duas figueiras com mais de meio século de existência. Ótimo para piqueniques, encontros, leituras e até prática de yoga, o espaço conta com mobiliários rústicos para os visitantes aproveitarem ainda mais o espaço. Há sempre programação cultural no gramado, com música, dança, cinema e teatro.
Endereço: R. Visc. de Parnaíba, 1316 – Mooca
Telefone: (11) 2692-1866
Visitação: terça a sábado, das 9h às 17h; domingo, das 10h às 17h

Museu da Casa Brasileira
Localizado em plena Avenida Brigadeiro Faria Lima, o Museu da Casa Brasileira possui um lindo jardim com 6.600m², ideal para se sentir mais próximo à natureza em meio a uma das avenidas mais movimentadas de São Paulo.
Endereço: Av. Brg. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano
Telefone: (11) 3032-3727
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h

  • Museus de poesia

Casa Guilherme de Almeida
O poeta Guilherme de Almeida construiu sua “casa da colina”, em 1946, e lá viveu até sua morte, em 1969. Nos anos 1970, a família doou o imóvel para o Estado, que transformou a residência em um museu-casa, que preserva todo o acervo e história do poeta. Lá também funciona o Centro de Estudos de Tradução Literária, que oferece ao público intensa programação cultural, relacionada ao amplo campo de atuação de Guilherme, incluindo-se cursos, oficinas, palestras, mesas-redondas e recitais.
Endereço: R. Macapá, 187 – Perdizes
Telefone: (11) 3673-1883
Visitação: terça a domingo, das 10h às 18h

Casa das Rosas
A Casa das Rosas é um tesouro arquitetônico remanescente do ciclo histórico das mansões da Av. Paulista. Com o tombamento do imóvel pelo Governo do Estado de São Paulo, em 1987, transformou-se em Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura. Desde então, é a “casa da poesia”, onde são oferecidos para a população cursos, oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, lançamentos de livros, apresentações literárias e musicais, saraus, peças de teatro e exposições.​
Endereço: Av. Paulista, 37
Telefone: (11) 3285-6986
Visitação: terça a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 10h às 18h

Fonte: Catraca Livre