MIS e SISEM-SP recebem inscrições para a oficina gratuita sobre conservação de suportes fotográficos

Atividade acontece em formato on-line, com transmissão ao vivo diretamente do Acervo do Museu, nos dias 25 e 26 de agosto. As inscrições, gratuitas, devem ser efetuadas pelo site da Inti

O MIS e o SISEM-SP (Sistema Estadual de Museus de São Paulo), respectivamente, instituição e instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, oferecem a oficina on-line gratuita Introdução à conservação de suportes fotográficos.

A atividade acontece nos dias 25 e 26 de agosto, com transmissão ao vivo pela plataforma Zoom, e será ministrada por dois profissionais do CEMIS (Centro de Memória do Museu da Imagem e do Som): Cecilia Salamon (Assistente de Conservação) e Rodrigo Antonio da Silva (Documentalista Jr).

A oficina apresenta um panorama cronológico do desenvolvimento dos processos fotográficos históricos, identificando os agentes de deterioração que atuam sobre eles e apontando os tratamentos de higienização, conservação preventiva e acondicionamento que podem ser utilizados para preservá-los.

Serão aulas expositivas, com apresentação em Power Point e interação entre os professores e os alunos participantes, que terão a oportunidade de tirar dúvidas e trocar experiências pessoais ou profissionais relacionadas ao tema.

Com inscrições gratuitas e 20 vagas, a oficina terá duração de dois dias e abordará os seguintes os temas:

25.08, quinta-feira, das 10h às 12h30 – Breve apresentação institucional sobre a formação do acervo fotográfico do Museu da Imagem e do Som. Origens, identificação e danos de processos fotográficos;

26.08, sexta-feira, das 10h às 12h30 – Conservação: conceitos, diagnóstico e plano de conservação, equipamentos de proteção individuais (EPIs), processo de higienização, acondicionamento e armazenamento.

SOBRE OS MINISTRANTES

Cecilia Salamon possui graduação em História pela USP, formação técnica em Design Gráfico pela Etec Carlos de Campos e cursos de extensão na área de conservação promovidos pelo SENAI Theobaldo de Nigris, pelo Arquivo Público do Estado de São Paulo e pela ABER – Associação Brasileira de Encadernação e Restauro. Atuou como bolsista no Núcleo de Conservação e Restauro do Arquivo do Estado de 2013 a 2015 e no Centro de Preservação Cultural da USP de 2015 a 2017. Atua desde 2017 como Assistente de Conservação no CEMIS.

Rodrigo Antonio da Silva cursa pós-graduação em Gestão Arquivística pela FESPSP, possui graduação em História pela USP e possui cursos de extensão na área de conservação promovidos pelo SENAI Teobaldo de Nigris e na área de documentação promovido pela PUC-SP. Atuou como Assistente de Conservação no CEMIS de 2014 a 2019 e como Documentalista Jr no Paço das Artes de 2019 a 2021. Atua desde 2021 como Documentalista Jr novamente no CEMIS.

SERVIÇO

Oficina on-line Introdução à conservação de suportes fotográficos

Inscrições gratuitas: clique aqui

Vagas: 20

Classificação indicativa: 14 anos

Fonte: MIS