II Encontro de Museus do Vale do Paraíba e Litoral propõe a criação da REM-SP

                                                                    Foto: Mauricio Pereiradestaque1Visita monitorada no museu a céu aberto Felícia Leirner 

No dia 23 de setembro de 2013, foi realizado o II Encontro de Museus do Vale do Paraíba e Litoral, abrindo a 7ª Primavera dos Museus na região, no Auditório Cláudio Santoro, em Campos do Jordão (SP). Com mais de 60 participantes, representando 25 cidades, o evento foi articulado pela Região Administrativa de São José dos Campos do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), do Estado de São Paulo, em parceria com a ACAM Portinari, o Museu Felícia Leirner, o Auditório Claudio Santoro e a Universidade de Taubaté (Unitau). 

Entre os temas abordados no Encontro estiveram a discussão e divulgação de questões comuns às instituições museológicas locais, para permitir o aprofundamento reflexivo e contribuir para a formação de público consciente e de pessoal para atuar e que já atue em museus.

Ainda no evento, que pretendeu dar visibilidade às iniciativas na área de museologia na região do Vale do Paraíba e do litoral, foi proposta a formação da Rede de Educadores em Museus. O Fórum regional de implantação da Rede de Educadores em Museus propôs a escrita da carta de Campos do Jordão com argumentos sobre os objetivos da criação da rede na região e a composição do comitê gestor da REM-SP.

Um dos destaques da programação foi a apresentação de Ozias Soares, professor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro e representante da Rede de Educadores de Museus do Rio de Janeiro, com a palestra “Tecendo Articulações e Construindo Caminhos na Educação de Museus: reflexões sobre experiências em redes de colaboração na cidade do Rio de Janeiro”. Outra importante contribuição foi de Maria Paula Correira de Souza, do Grupo Percebe, que abordou a profissionalização dos educadores de museus.

“A iniciativa vem coroar a mobilização dos profissionais de museus de São Paulo num esforço coletivo de criar uma rede de educadores para a troca de informações e de experiências de profissionais da área, além de divulgar ações educativas, cursos, oficinas, eventos e outras experiências da educação museal”, avalia o diretor do SISEM-SP, Davidson Kaseker.

A proposta de criação da REM SP prevê a articulação com outras redes estaduais e a sua própria ampliação para outras regiões do Estado, em consonância com os objetivos do Programa Nacional de Educação Museal.

O evento envolveu também uma visita monitorada ao Museu Felícia Leirner, que sediou a edição deste ano e foi encerrado com apresentação de Maple Duo, com a execução de obras de Pixinguinha, Cartola e Villa-Lobos.

Prestigiaram a programação o diretor do SISEM-SP, Davidson Kaseker, a museóloga e diretora executiva da ACAM Portinari, Angelica Fabbri, o secretário de Cultura de Campos do Jordão, Benilson Toniolo, e, a representante adjunta da Região Administrativa de São José dos Campos, Rita de Cássia Camargo, além de gestores, dirigentes, diretores e funcionários de museus e instituições museológicas da região e professores das redes públicas de ensino.

Ao todo, 15 estudantes do curso de história da Unitau, sob a supervisão da professora doutora Rachel Duarte Abdala, que atuam como educadores no Museu Histórico de Taubaté e no Centro de Documentação e Pesquisa Histórica da Unitau, sediado no Solar da Viscondessa do Tremembé, também participaram da programação, buscando aperfeiçoarem suas capacidades.       

                                                                          Foto: Mauricio Pereira
Encontro 12
Comissão organizadora do  II Encontro de Museus do Vale do Paraíba e Litoral