Grupo de Museus e Centros de Ciências Acessíveis faz levantamento para glossário coletivo com sinais de museus

O Grupo de Museus e Centros de Ciências Acessíveis (MCCAC) realiza um levantamento para produzir um glossário coletivo com sinais de museus brasileiros. Essa iniciativa pretende tornar esses lugares mais acessíveis a toda a comunidade surda e será disponibilizada gratuitamente nas redes sociais e no site do Grupo MCCAC.
Se você conhece o sinal de um museu de ciência, aquário, zoológico, parque ambiental, planetário etc., em qualquer região do Brasil, envie vídeo para a o Grupo que, primeiro, precisa saber se o seu espaço tem um sinal em Libras utilizado pela comunidade surda local. Se sim, a orientação é seguir as etapas a seguir:

É necessário que uma pessoa pertencente à comunidade surda ou fluente em Libras grave um vídeo curto, com o celular na horizontal (de lado) com as seguintes informações:

1) Se apresente, diga qual o seu nome e o seu sinal;

2) Onde fica o espaço? Informe a cidade e o estado;

3) A qual instituição você está se referindo? Faça a datilologia com o nome do espaço;

4) Informe qual o sinal? Por exemplo, “meu nome é D-A-N-I-E-L, meu sinal é esse 👋👋 A cidade é o Rio de Janeiro, no estado do Rio de Janeiro e o sinal do M-U-S-E-U D-O A-M-A-N-H-Ã é este: 👋👋;

5) Por fim, basta salvar e mandar para o e-mail contato@grupomccac.org ou para o WhatsApp: (21) 99858-7982.

Se sua instituição não tem sinal, envie e-mail informando que não há sinal, essa informação também é considerada importante para a organização do glossário.

De acordo com o Grupo MCCAC, quem conhecer o sinal de outras instituições também pode mandá-lo, pois quanto mais participações, mais completo o glossário ficará.  

Mobilize a comunidade surda, intérpretes de Libras e usuários da língua para participar, o prazo é até o dia 01 de agosto.

Convite em Libras: https://youtu.be/j4P-Kecx04k

Fonte: Grupo MCCAC