GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO ANUNCIA NOVAS REGRAS DO PLANO SÃO PAULO QUE FAVORECEM SETOR CULTURAL

O Governo do Estado de São Paulo anunciou mudanças que irão impactar positivamente o setor cultural. A partir do próximo domingo (01/08), a taxa de ocupação máxima para os estabelecimentos culturais passará de 60% para 80%; o distanciamento exigido de 1,5 metro para 1 metro; e o limite de horário de funcionamento será ampliado de 23h para 0h. Essas regras são válidas até 16 de agosto.

Se a contenção da pandemia e os reflexos da vacinação continuarem positivos, o governo planeja, a partir de 17 de agosto, extinguir os limites de horário e ocupação, ainda assim respeitando o distanciamento de um metro entre as pessoas.  

“Continuamos, passo a passo e de forma segura, flexibilizando e voltando ao normal no Estado de São Paulo”, disse o governador João Doria, que destacou que a partir de 1/8 não haverá mais toque de restrição durante a noite e a madrugada.  

O uso obrigatório de máscara em ambientes de acesso público, o distanciamento mínimo de 1 metro e o respeito a protocolos de higiene estão mantidos. “Devo recomendar que todas as pessoas continuem usando máscara e álcool em gel, lavando as mãos e fazendo o distanciamento social para se protegerem”, afirmou Doria. 

Eventos que geram aglomerações – casas noturnas e shows de médio e grande porte, por exemplo – continuam proibidos, com possibilidade de reabertura condicionada aos resultados dos eventos modelo sob supervisão das autoridades de saúde e averiguação pelo Centro de Contingência do coronavírus. 

Indicadores de saúde 

As permissões anunciadas nesta quarta 28/7 foram balizadas pelo atual cenário do controle da pandemia no estado de São Paulo. Indicadores da Secretaria da Saúde mostram reduções consistentes nas médias diárias de novos casos (-20,6%), internações (-18,3%) e mortes (-9,6%) provocadas pelo coronavírus. 

São Paulo vem registrando quedas sucessivas nas internações de pacientes com coronavírus em enfermarias e UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). A taxa estadual de ocupação de leitos de UTI COVID-19 está em 54% e na Grande São Paulo o índice é ainda mais baixo: 49,64%. 

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, a campanha de vacinação em São Paulo já protegeu 75,9% da população adulta com ao menos uma dose de imunizantes contra a covid-19. O esquema vacinal completo já foi aplicado a 27,2% dos adultos em todo o estado. 

Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado