Encontro Paulista de Museus terá programação diversificada e gratuita

Edição virtual do EPM2020 instigará o pensamento crítico por meio de atividades relacionadas à temática “Museus, Sociedade e Crise: do luto à luta”

A poucas semanas para o início do Encontro Paulista de Museus (EPM2020), o Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, divulga a estrutura da programação do evento, que contará com diversificadas atividades on-line gratuitas.

Realizado em parceria com a ACAM Portinari entre os dias 23 e 27 de novembro, a agenda terá como foco a temática “Museus, Sociedade e Crise: do luto à luta”, com mesas de debates e conferências e a participação de profissionais de relevante atuação no campo museal e cultural.

Tradicionalmente, o EPM parte do princípio de ser um local para a troca de experiências, de escuta e de intercâmbio entre pessoas. Durante sua estruturação, a Comissão Consultiva do evento fez questão de manter e contemplar tais características em seu novo formato virtual. Composta por representantes da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e de profissionais de instituições parceiras de ampla referência na área museológica, a comissão é responsável por refletir sobre a programação, discutindo desde o tema a ser tratado no EPM até a indicação de nomes de palestrantes, formato do evento, atividades e tudo o que se refere à sua realização.

O cenário no qual os museus se depararam diante da pandemia e o impacto em suas operações foi o ponto inicial para o conceito do EPM2020, contemplando ainda as premissas do trabalho que o SISEM-SP desenvolve desde agosto de 2019 com uma série de eventos presenciais e virtuais sobre sustentabilidade em museus, em todos os eixos: econômico, social, cultural e ambiental.

Para se adequar ao novo formato, que por ser virtual, possibilita maior alcance e acesso de pessoas de outras localidades, a programação foi dividida em cinco dias, com a adoção de medidas inclusivas como legendagem e tradução na Língua de Sinais (Libras). Para isso, a equipe de produção contou com a assessoria do Museu da Inclusão para estruturar a acessibilidade do evento.

Museus e Sociedade

A pandemia de COVID-19 impactou fortemente a sociedade como um todo e para o setor museal trouxe à tona a necessidade de se chegar a um entendimento sobre a relação dos museus e a sociedade, bem como os reflexos disso. Repensar a atividade, quais públicos estão sendo atendidos e quais não estão, quais os impactos nos trabalhadores dos museus, quais áreas dessa estrutura de trabalho foram mais impactadas e, com os museus fechados ao público, como repensar esta sua conexão com os públicos e como serviço relevante para a sociedade.  Em suma, a proposta é trazer a discussão para o momento atual de transformação das instituições museais em um contexto excepcionalmente de crise. Será o caminho para a nova definição de museu, conforme questão amplamente discutida pelo ICOM?

“A programação do EPM2020 foi alicerçada na ideia de ampliarmos a discussão acerca do nosso papel na sociedade enquanto museus e vice-versa. E já que todos os museus foram obrigados a sair de sua zona de conforto, não há momento mais propício do que essa retomada para aplicarmos muito do que já foi discutido até aqui e implantarmos novas mudanças a partir das provocações que nortearão o Encontro”, diz Davidson Kaseker, diretor do Grupo Técnico de Coordenação do SISEM-SP (GTC/SISEM-SP).

Uma das mesas de debate tem como tema “O futuro dos museus começa do lado de dentro” e apresentará os resultados da pesquisa do ICOM Brasil com profissionais de museus. Outra mesa, “Papel dos públicos no futuro dos museus: uma co-criação necessária”, trará o resultado de outra pesquisa realizada pelo ICOM Brasil, desta vez, com os públicos dos museus.

Para proporcionar discussões arejadas e mais integradas aos problemas da sociedade, esta edição do EPM convidou pessoas de fora da área de museus a fim de trazer provocações para as reflexões necessárias ao setor. “Provocações” é o nome de uma série de painéis que trarão contribuições para os profissionais de museus, e esta atitude aparece também nas questões propostas para o “Mosaico”. Profissionais de museus sendo provocados a repensar os museus perante esta nova realidade trazida pela pandemia, pelos protestos contra o racismo estrutural, pelo questionamento sobre a lógica de homenagens em locais públicos a figuras historicamente controversas e por uma série de questionamentos sobre a estrutura social que não devem estar alheias aos museus e a seus gestores e profissionais em geral.

Homenagem a Julio Abe

Outro destaque da programação é a homenagem a Julio Abe, agraciado em 2019 com a Medalha de Mérito Museológico Waldisa Rússio Camargo Guarnieri, em premiação do Governo do Estado de São Paulo. O museólogo, que recebeu a honraria por sua notória contribuição para a museologia paulista, fará uma participação especial no primeiro dia do Encontro.

A Medalha leva o nome de uma das principais pensadoras e articuladoras da museologia no território paulista e foi criada em 2018 com o intuito de reconhecer publicamente o trabalho de profissionais que lutaram pelo fortalecimento dos museus no estado de São Paulo. Os nomes são indicados pelos membros do Conselho Consultivo do EPM para apreciação e deliberação do Conselho de Orientação do SISEM-SP (COSISEM-SP) – e referendo do secretário de Cultura e Economia Criativa.

Representantes Regionais e Conselheiros do COSISEM eleitos

Maior evento do setor de museus do estado, que reunirá profissionais de museus, gestores públicos de cultura, estudantes e interessados em geral para a troca de experiências e debates, o EPM2020 também será palco para a apresentação oficial dos representantes titulares e suplentes eleitos para estarem à frente das 24 Representações Regionais do SISEM-SP. Na ocasião, também serão apresentados os dois membros titulares e dois suplentes a serem escolhidos para o Conselho de Orientação do Sistema Estadual de Museus (COSISEM).

A votação para o COSISEM segue até as 18h do dia 16 de novembro. Veja os perfis dos candidatos clicando aqui. Para saber como votar, clique aqui

Participação do público e dos museus

A 11ª edição do EPM traz mais novidades, como o módulo “Mosaico” e os painéis “Museus na Pandemia: Relatos & Reflexões”, ações interativas que terão destaque na programação e compreendem vídeos curtos enviados previamente pelo público e por museus. “Será um espaço em que as pessoas e as instituições irão compartilhar relatos e vivências acerca do atual contexto em que vivemos, da retomada de atividades, bem como os impactos sofridos em virtude da pandemia”, comenta Luiz Mizukami, um dos curadores do Encontro.

O EPM2020 será exibido pelo canal do SISEM-SP no Youtube, com transmissão direta do auditório do Museu do Futebol. Os vídeos do Mosaico e dos painéis terão exibição antes e durante o EPM2020 e, após o término do Encontro, ficarão disponíveis no Youtube.

A programação completa do EPM2020 será divulgada em breve, acompanhe as informações sobre o Encontro no site e nas páginas do SISEM-SP no Facebook, Twitter e Instagram (@sisemsp).

Fonte: SISEM-SP