Editais do ProAC voltados a museus receberam 196 projetos inscritos

Concurso agora entra em fase de avaliação das propostas recebidas

Os editais voltados a museus do ProAC Expresso 2022, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, receberam a inscrição de 196 projetos. Agora, o programa entra na fase de avaliação das propostas.

Neste ano, o ProAC bateu recorde de investimento, com um total de R$ 5 milhões distribuídos em três editais específicos para a área museológica. O volume de inscrições também superou o de 2021, que teve 118 projetos inscritos.

O edital nº 35 – Museus e acervos, destinado a apoiar financeiramente projetos que tenham por objeto a Implantação, Reforma, Ampliação, Digitalização ou Modernização de Museus e Acervos paulistas teve 112 inscritos. O valor total disponível para esse edital é de R$ 3 milhões, sendo R$ 200 mil (Módulo I) e R$ 400 mil (Módulo II) por projeto

O edital nº 36 – Museus e acervos, voltado a projetos de Plano Museológico para museus paulistas tiveram 27 inscrições. O valor total desse concurso é de R$ 1 milhão, sendo disponibilizado R$ 200 mil por projeto.

O edital nº 37 – Museus e Acervos, voltado à realização de exposições teve 57 inscrições. Ao todo estão disponíveis R$ 1 milhão de investimento, sendo R$ 200 mil por projeto.

“Tivemos um volume considerável de inscrições oriundas de diferentes áreas de todo o estado, inclusive, as mais distantes da capital, o que é positivo, pois a ideia é mesmo descentralizar esse fomento e contemplar os museus do interior e litoral paulista. O ProAC é uma importante iniciativa de fomento do governo estadual e faz a diferença para diversas instituições e profissionais ligados ao setor cultural”, comenta Renata Cittadin, diretora do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus de São Paulo (GTC/SISEM-SP).

Próximos passos

Agora, os 196 projetos inscritos são encaminhados à Comissão de Seleção de Projetos formada por especialistas do setor, que no prazo máximo de 45 dias corridos do recebimento, analisará e atribuirá a pontuação correspondente, considerando o disposto em cada edital. O prazo de 45 dias poderá ser prorrogado, a critério da Administração.

Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa