#CulturaEmCasa: atividades on-line do SISEM-SP tiveram milhares de visualizações

Programação virtual contemplou os mais diversos assuntos relativos ao setor de museus e o contexto atual da pandemia

Durante o período de isolamento social em virtude da pandemia de COVID-19, o Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, aderiu à campanha #CulturaEmCasa, lançada pelo Governo do Estado para estimular as pessoas a não saírem de suas residências. Uma proposta virtual de atuação foi elaborada e obteve bastante sucesso junto público do setor museológico.

De março a dezembro de 2020, houve a exibição de 56 atividades em formato de vídeo, que contabilizou 11.170 visualizações no Youtube e 2.277 no Instagram. O website do SISEM-SP também foi contemplado pela nova proposta e teve a publicação de 17 conteúdos autorais, que tiveram 1.467 visualizações de página. O período também foi propício aos profissionais da área buscarem qualificação: no ano passado, o site contou com 17.807 downloads de arquivos diversos – só de referências bibliográficas, foram 5.502 downloads.

Atividades on-line diversificadas

Um dos destaques na programação do SISEM-SP foi o Encontro Paulista de Museus (EPM2020), que teve sua a primeira edição virtual de 23 a 27 de novembro. Com agenda concentrada no Youtube, o evento impulsionou o canal do SISEM-SP, que ultrapassou a marca de mil inscritos ao ganhar 213 seguidores em um único mês, totalizando 1.176 inscrições. Foram 22 vídeos e 6.282 visualizações. Ao final do mês, o canal registrou 6.500 visualizações de conteúdo geral, o melhor resultado de 2020.

O SISEM-SP também realizou uma série de encontros sobre sustentabilidade em museus nas vertentes Ambiental, Econômica, Social e Cultural. As lives foram transmitidas no Youtube e os quatro vídeos disponibilizados no canal tiveram 1.638 visualizações. A série foi um complemento às premissas do trabalho desenvolvido desde 2019, em parceria com o Ibermuseus, que também promoveu os seminários “Sustentabilidade em Museus: do conceito à prática” (novembro de 2019) e Marco Conceitual Comum em Sustentabilidade de Museus (janeiro de 2020).

Para celebrar o Dia Internacional dos Direitos Humanos (10/12), o SISEM-SP realizou a campanha Sonhar o Mundo, com a participação de diversos museus paulistas. Para o público do setor museal, aconteceu a live “Mulheres mudam os museus”, com Marián Cao (Universidad Complutense de Madrid – UCM), Lilian Amaral (programa DIVERSITAS/USP), Andrea Pegoraro (Universidade de Buenos Aires) e mediação de Ellen Nicolau (Museu da Diversidade Sexual). O vídeo no Youtube obteve 257 visualizações.

O SISEM-SP também teve sua estreia no universo das lives. No Instagram foram duas: “Os espaços culturais estão conseguindo se comunicar com seus públicos?” e “Transformações nas rotinas de segurança” que, juntas, contabilizaram 482 visualizações. No Youtube foram abordados diversos temas, como o processo eleitoral das Representações Regionais e do COSISEM e lives tira-dúvidas sobre os editais do ProAC e da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. Diante de um cenário em que as instituições precisavam se reinventar, inclusive, no tocante à forma como se comunicar com o público de casa, foi realizada a live “Gestão de Comunicação Institucional: a experiência do SISEM-SP”, com Maria do Carmo Esteves, comunicóloga com especialização em relações públicas, que falou sobre o Plano de Comunicação Institucional para Museus de Pequeno Porte e o Plano de Comunicação do SISEM-SP. Michael Argento, da equipe técnica da ACAM Portinari, versou sobre a gestão dos indicadores.

Para entender quais eram as condições de acesso à rede nos museus e levantar dados sobre as capacidades de conectividade e presença na internet, em um cenário em que as atividades presenciais foram suspensas e migraram para o universo virtual, o SISEM-SP elaborou a pesquisa “Museus e Conectividade”, apresentada durante uma live no Youtube. Ao todo, foram realizadas sete apresentações, totalizando 1.209 visualizações.

Os nove vídeos tutoriais produzidos pela equipe técnica da ACAM Portinari sobre o Cadastro Estadual de Museus (CEM-SP) tiveram 1.597 no Youtube, enquanto os dez vídeos das oficinas do Encontro Paulista de Museus itinerante, realizado em 2019, contabilizaram 155 visualizações.

“Mesmo com a pandemia, o SISEM-SP deu continuidade ao trabalho desenvolvido junto ao setor, buscando abranger ainda mais as temáticas abordadas e adequá-las à realidade de cada momento enfrentado. Pelo que percebemos ao longo dessa jornada, com as crescentes participações do público e retornos positivos registrados em cada canal de exibição, pudemos verificar que trilhávamos o caminho certo”, diz Luiz Mizukami, executivo público do Grupo de Coordenação Técnica do SISEM-SP (GTC SISEM-SP).

Para ter acesso aos vídeos citados acima, acesse o canal do SISEM-SP no Youtube clicando aqui.

Fonte: SISEM-SP