Abertas as inscrições para o Seminário Sustentabilidade em Museus: do conceito à prática

Interessados em participar devem se inscrever até o dia 21, no site do SISEM-SP

“Sustentabilidade em Museus: do conceito à prática” é o tema do seminário que será realizado em 22 de novembro, das 14h às 17h30, no auditório da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Aberto ao público em geral, o evento tem como objetivo compartilhar as iniciativas do Programa Ibermuseus de apoio à adoção de novos modelos de gestão de museus mais conscientes e sustentáveis, sobretudo no que se refere às diretrizes enfeixadas no documento Marco Conceitual Comum em Sustentabilidade (MCCS), lançado recentemente, com o intuito de ser fonte de inspiração para a gestão sustentável dos museus ibero-americanos.

A partir do seminário, será constituído o Grupo Técnico da Política Setorial Museus e Sustentabilidade, com participação de técnicos da Unidade de Preservação de Patrimônio Museológico (UPPM), representantes de órgãos representativos do setor, profissionais dos museus paulistas e especialistas da área de museologia.

As inscrições devem ser feitas pelo site do SISEM-SP, no link https://cem.sisemsp.org.br até as 19h do dia 21 de novembro.

Marco Conceitual Comum em Sustentabilidade

O MCCS materializa parte dos eixos de atuação do Programa Ibermuseus no que tange à sustentabilidade. Sua elaboração considera e valoriza os antecedentes internacionais relativos à sustentabilidade das instituições e processos museais; as pesquisas preexistentes sobre a temática no âmbito ibero-americano; bem como a representação do ambiente institucional (leis, normas, instituições e políticas públicas) com interface com o tema, segundo cada país da região.

É também um suporte para a definição de políticas e estratégias, com ênfase nas dimensões social, cultural, econômica e ambiental, assim como a construção de indicadores, reunindo os conceitos relacionados ao desenvolvimento sustentável sob a ótica das instituições e processos museais na Ibero-América. Além disso, o MCCS também apresenta alguns desafios em relação ao tema da sustentabilidade, considerando, no contexto ibero-americano, a complexidade de interpretar e assumir diretrizes comuns no campo da gestão institucional do patrimônio cultural e natural; do planejamento a curto, médio e longo prazo; do uso apropriado dos recursos; da potencialização do talento humano e da participação comunitária, entre outras.

Programação

14h – Credenciamento

14h30 – Mesa de abertura com Antonio Lessa, coordenador da UPPM; Patrícia Albernaz, representante do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e Roberta Saraiva, vice-presidente do ICOM Brasil.

15h – Apresentação da Linha de Ação de Sustentabilidade das Instituições e Processos Museais desenvolvida pelo Ibermuseus, com Patrícia Albernaz.

15h30 – Apresentação do Marco Conceitual Comum de Sustentabilidade em museus (MCCS), com Davidson Kaseker, diretor do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus (GTC/SISEM-SP).

16h – Proposta de elaboração da Política Setorial Gestão de Museus e Sustentabilidade e do Plano Estratégico para a Gestão Sustentável em Museus (2020-2023), com Antonio Lessa.

16h30 – Apresentação de ações referenciais de práticas sustentáveis em gestões de museus da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, com Davidson Kaseker.

17h30 – Encerramento.

O Seminário é uma realização da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico, por meio do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

SERVIÇO

Seminário Sustentabilidade em Museus: do conceito à prática

Dia: 22 de novembro

Horário: das 14h às 17h30

Local: auditório da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Endereço: Rua Mauá, 51, bairro Luz, São Paulo/SP

Inscrições: até as 19h de 21 de novembro, no link https://cem.sisemsp.org.br

Gratuito

Fonte: SISEM-SP