Abertas as inscrições para o Encontro Paulista de Museus itinerante Oeste

Nesta edição, a programação será virtual e gratuita

Estão abertas as inscrições para o Encontro Paulista de Museus Itinerante (EPMi) Oeste, que acontecerá de forma virtual. A programação contempla painéis sobre os eixos econômico, cultural, social e ambiental de sustentabilidade em museus no dia 25 e oficinas em 26 de maio.

Os painéis serão transmitidos via canal do SISEM-SP no Youtube. Para participar de uma das três oficinas do segundo dia do evento, a inscrição pode ser feita pela Plataforma ADA, basta clicar aqui.

As oficinas são destinadas apenas aos profissionais e instituições da macrorregião atendida pelo EPMi Oeste. Como serão realizadas de forma simultânea, é importante que os participantes inscrevam-se em apenas uma oficina, pois caso haja a inscrição em mais de uma, a produção do EPMi Oeste fará o remanejamento da pessoa para uma única oficina, podendo esta ser ou não a atividade de preferência do inscrito. O link de acesso à oficina será enviado para o endereço de e-mail cadastrado na Plataforma ADA. O prazo de inscrição termina às 17h de 21 de maio.

Realizado pelo Sistema Estadual de Museus de São Paulo (SISEM-SP), instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o evento é voltado à área das Representações Regionais de Bauru, Itapeva, Presidente Prudente e Dracena, Sorocaba, Vale do Paranapanema e Tupã e Marília. As ações propostas são baseadas na temática “Museus, Sociedade e Crise: do luto à luta”.

Confira a programação do maior evento itinerante do setor de museus paulistas, realizado em parceria com a organização social de cultura ACAM Portinari.

Programação

Dia 25 de maio – transmissão via Youtube.

9h40 às 10h – Cerimônia de abertura com Sérgio Sá Leitão (secretário de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo), Davidson Kaseker (diretor do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus – GTC/SISEM-SP) e Angelica Fabbri (diretora-executiva da Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari).

10h às 11h15 – Painel 1 – Museus e Sustentabilidade Econômica, com Rafael Barbi – Plano Museológico Participativo: Museu Tião Carreiro/Pardinho e Yuri Reis – Ampliação da oferta de atividades culturais com a integração de diversos equipamentos no Centro Cultural Matarazzo/Presidente Prudente. Mediação de Neide Barrocá Faccio (Representante Regional – RR Presidente Prudente e Dracena).

11h15 às 12h30 – Painel 2 – Museus e Sustentabilidade Social, com Elizete Maria Barro – Projeto de ressocialização de reeducandos por meio de ações nos museus de Bauru e Fernanda Morais – Programa de Integração Funcional e Capacitação das Equipes da Fundação Energia e Saneamento/Museus da Energia Itu, São Paulo e Salesópolis. Mediação de Célia Reis Camargo (Representante Regional – RR Vale do Paranapanema).

14h às 15h15 – Painel 3 – Museus e Sustentabilidade Ambiental, com Camila Alvares – Programa de Sustentabilidade: Jardim Botânico “Irmãos Villas-Bôas”/Sorocaba e Nilceu Bernardo – Recuperação do museu e prevenção contra enchentes: Museu Alexandre Chitto/Lençóis Paulista. Mediação de Leandro Dal Farra Topal (Representante Regional – RR Sorocaba).

15h15 às 16h30 – Painel 4 – Museus e Sustentabilidade Cultural, com Aline Zanatta – As Bordadeiras no Museu Republicano Convenção de Itu e Gessiara Goes e Lidiane Damaceno Krenak – Programa Saberes e fazeres indígenas / Projeto Identidade: MHP Índia Vanuíre/Tupã e Museu Akãm Orãm Krenak/Arco Íris. Mediação de Fábio Grossi (Representante Regional – RR Bauru).

Dia 26 de maio – transmissão por meio do Google Meet.

Das 10h às 12h e das 14h às 16h – Oficina 1 – CEM-SP: Preenchimento de Instrumento de Qualificação Cadastral Básico (IQC), ministrado por Ana Carolina Xavier Ávila e Otávio Balaguer, da equipe ACAM Portinari de Apoio ao SISEM-SP. Instituição Laboratório: Museu e Arquivo Histórico Prefeito Antonio Sandoval Netto.

Das 10h às 12h e das 14h às 16h – Oficina 2 – CEM-SP: Preenchimento de Instrumento de Qualificação Cadastral Básico (IQC), ministrado por Barbara Paulote e Michael Lopes Argento, da equipe ACAM Portinari de Apoio ao SISEM-SP. Instituição Laboratório: Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba.

Das 10h às 12h e das 14h às 16h – Oficina 3 – Além do improviso: planejar e surpreender-se. O método PES, com Davidson Kaseker e Luiz Palma (GTC SISEM-SP).

EPMi

A decisão de criar a versão itinerante do Encontro Paulista de Museus (EPM), realizado sempre na Capital, surgiu após a análise dos dados sobre as inscrições nos EPM de 2011 a 2017.  Foi observado que do total de inscritos, 65% eram da Região Metropolitana de São Paulo. Assim, para atingir um público de profissionais de forma mais abrangente, em termos geográficos, o EPMi foi implantado.

Desde então, ficou definido que o EPMi será realizado nas macrorregiões em anos ímpares e nos anos pares, acontecerá o EPM, em São Paulo (Capital). A primeira edição do EPMi foi realizada em seis macrorregiões paulistas ao longo de 2019.

Em 2021 serão quatro edições de dois dias de atividades, contemplando as seguintes regiões:

EPMi Oeste (25 e 26 de maio) – RR Bauru, RR Itapeva, RR Presidente Prudente, RR Sorocaba, RR Tupã e Marília e RR Vale do Paranapanema;

EPMi Centro (15 e 16 de junho) – RR Barretos, RR Central, RR Franca, RR Noroeste, RR São José do Rio Pardo, RR São José do Rio Preto, RR Ribeirão Preto;

EPMi Metropolitana de São Paulo (a definir) – RR ABCD, RR Alto Tietê, RR Capital, RR Campinas, RR Circuito das Águas, RR Oeste SP, e RR Piracicaba;

EPMi Vale e Litoral (a definir) – RR Baixada Santista, RR Litoral Norte, RR, Vale do Paraíba, RR Vale do Ribeira.

Fonte: SISEM-SP