Governo do Estado de São Paulo realiza a 12ª edição do Encontro Paulista de Museus (EPM), em novembro

A ação tem como objetivo reunir pesquisadores, profissionais que atuam direta ou indiretamente na área de museus, educadores, estudantes e interessados em políticas públicas nas áreas de museus.

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo anuncia a 12ª edição do Encontro Paulista de Museus (EPM). Com a temática “Bem-viver, território, antirracismo, diversidade: com quantos termos se faz um museu?”, o EPM acontece de 8 e 11 de novembro, na sede do Novo Museu do Ipiranga. Ação é gratuita e após dois anos online, o evento ganha formato híbrido e oferece encontros presenciais e sessões virtuais aos participantes com transmissão pelo Youtube do Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), instância do Governo do Estado de São Paulo que promove o evento, em parceria com a Organização Social ACAM Portinari.

Em diálogo com desafios do mundo contemporâneo, a programação e temática do Encontro refletem termos que surgiram na consulta pública feita pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM) para a construção da chamada “nova definição de museus” – um processo que visa também balizar programas, ações e políticas públicas de central relevância para todo o setor e toda a sociedade.

O evento propõe discussões sobre o espaço vivido e sobre as relações entre poder, memórias, patrimônio e identidades. Nos painéis, os mediadores poderão fazer questões dirigidas aos articuladores. Nessa dinâmica cuidadosamente estruturada, autoridades, acadêmicos e profissionais ligados ao universo museológico poderão questionar profissionais de outras áreas, enriquecendo a troca multidisciplinar de informações e prática da museologia como um recurso social.

Durante a programação também será possível acompanhar pelo canal de Youtube do SISEM-SP vídeos pré-gravados com a mediação e a articulação de uma ampla diversidade de temas inerentes aos desafios dos museus e nações em todo o mundo, como o combate ao racismo, a valorização da diversidade, a promoção da saúde, o cultivo de relações de solidariedade, a reciprocidade, o respeito e valorização de todas as formas de vida.

Ao longo dos últimos anos, o Encontro Paulista de Museus tem se consolidado como um dos eventos mais importante da área, uma evolução que tem reflexos diretos no aprofundamento das discussões sobre a formação de profissionais que são instigados cada vez mais a agir em prol da sociedade. Vale reforçar que mesmo durante os momentos mais críticos da pandemia, em 2020 e 2021, mais de mil pessoas participaram virtualmente da programação, reunindo participantes de 24 territórios do estado de São Paulo e de todos os estados do Brasil.

“O Encontro Paulista de Museus reúne os profissionais do setor e naturalmente contribui para o fomento de novas iniciativas, discussões e parcerias que oferecem retorno direto à sociedade”, explica Renata Cittadin, diretora do GTC SISEM-SP.  “De uma forma mais pragmática, podemos dizer que o EPM também funciona como uma espécie de laboratório de experiências que estão conectadas a outras ações que o SISEM-SP desenvolve”, completa Luiz Fernando Mizukami, da coordenação técnica do SISEM-SP.

Confira a programação completa aqui

SERVIÇO

Encontro Paulista de Museus 2022

Quando: 8, 9, 10 e 11 de novembro

Horário: das 10h às 17h30 (8,9 e 10/11)

Onde: Museu do Ipiranga e canal do youtube do SISEM-SP

Inscrições e mais informações: www.sisemsp.org.br/epm

Sobre o SISEM-SP – O Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP), é setor da Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM) instância da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo (SEC), tem como objetivo a elaboração e execução de políticas para os museus paulistas. Articula e produz informações sobre os museus paulistas, com a missão de promover a qualificação e o fortalecimento institucional em favor da pesquisa, preservação e difusão dos acervos museológicos paulistas. do Estado.

Sobre a ACAM Portinari – Fundada em 27 de novembro de 1996, a ACAM Portinari (Associação Cultural de Apoio ao Museu Casa de Portinari) administra quatro equipamentos culturais do Governo do Estado de São Paulo por meio de contratos de gestão: Museu Casa de Portinari, em Brodowski, Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro, em Campos do Jordão, Museu H. P. Índia Vanuíre, em Tupã, e Museu das Culturas Indígenas, em São Paulo. Tem como principal objetivo o desenvolvimento da área cultural, particularmente a museológica, através da colaboração técnico-operacional e financeira.