Consulta pública discute metodologia para cadastramento de museus em São Paulo

20151130 141844
Foto: Divulgação

Devido à importância, o debate foi estendido a um fórum online aberto ao público AQUI

Na última segunda-feira (30/11), o Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP) e a Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico (UPPM), instâncias da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, promoveram, em São Paulo, a consulta pública final para a consolidação da proposta do Cadastro Estadual de Museus (CEM) de São Paulo. Este foi o terceiro debate aberto realizado para discutir os parâmetros para a elaboração do cadastramento de instituições museológicas em território paulista.

“Ao logo dos dois últimos anos, o Conselho de Orientação do SISEM-SP e o Grupo Técnico de Coordenação (GTC SISEM-SP), com a contribuição de representantes regionais do SISEM-SP, vem se dedicando à construção participativa da proposta, colocando em debate tanto as questões teórico-conceituais inerentes à museologia, como também da perspectiva da legislação brasileira e estadual, tendo em vista seu impacto no delineamento de políticas públicas para o setor”, informa o diretor do GTC SISEM-SP, Davidson Kaseker.

Neste terceiro encontro, conduzido pela a coordenadora da UPPM, Renata Motta, com o objetivo de dar conhecimento público à metodologia e definições que estão sendo construídas, houve a participação de representantes do Conselho Federal de Museologia (COFEM), do Conselho Regional de Museuologia de São Paulo (COREM 4ª Região), de museólogos e profissionais de museus paulistas.

A partir de 2016, o Cadastro será uma das principais ferramentas de políticas públicas das instituições. “O cadastramentro e, em seguida, o registro dos museus significa ter um atestado de qualidade atendido. O museu registrado ao SISEM-SP receberá uma identificação que irá atesta publicamente a estruturação daquela instituição aos parâmetros exigidos para um museu paulista”, explica Renata Motta. “Estar registrado junto ao SISEM-SP implicará o reconhecimento de seu nível de qualidade institucional, e consequentemente, ter um diferencial na análise de propostas de projetos a serem incentivados com recursos públicos estaduais”, acrescenta a coordenadora da UPPM.

O lançamento da proposta está previsto para acontecer durante o oitavo Encontro Paulista de Museus, nos dias 14, 15 e 16 de junho de 2016, em São Paulo, que também comemorará o 30° aniversário do SISEM-SP. O evento é considerado o mais importante para a área de museus do Estado e terá como tema as “Redes e Sistemas de Museus: Ações Colaborativas”.

Fórum Online

Reforçando a importância da colaboração e do engajamento das instituições para a formatação do projeto, foi aberto AQUI no site um fórum sobre o Cadastro Estadual de Museus de São Paulo. O espaço é dedicado a participação de profissionais de museus, estudiosos e demais interessados. Na página, também foi disponibilizada para download e consulta a apresentação utilizada nas reuniões de consulta pública. O fórum fica disponível até 31 de dezembro de 2015 (quinta-feira). Clique e confira!