Xícaras do concurso promovido pelo Museu do Café serão leiloadas em evento online

Público em casa poderá escolher entre 16 lotes, três dos quais compõem uma linha premium

Em 2020, o Museu do Café – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo – lançou o concurso “A xícara do Museu”. O projeto, que marcou os 22 anos do equipamento santista, ganhou grande adesão nacional, recebendo cerâmicas inspiradas no edifício da antiga Bolsa Oficial de diversos artistas brasileiros. Agora, as peças selecionadas para a 2ª fase da inciativa – exceto as 20 finalistas – serão leiloadas por meio de um evento virtual no dia 7 de abril, às 19h30, no Youtube Canal Business.

A seleção especial é dividida em 16 lotes, formados por 5 pares ou 10 e 11 xícaras avulsas. Cada conjunto contará com itens das categorias utilitária/funcional e artística/conceitual, sendo que os três primeiros compõem uma linha premium na qual serão disponibilizadas unidades duplicadas. O público em casa pode conhecer os pacotes previamente pelo link. Na mesma página, é possível realizar um pré-cadastro, que agilizará o processo de compra na ocasião.

Os interessados em garantir as peças deverão entrar em contato pelo número da mesa operadora na recepção de lances, (21) 2491-3808. O valor arrecadado será revertido para atividades do Museu.

O CONCURSO

Desde a divulgação do edital, foram 142 pessoas cadastradas na 1ª fase – destas, 103 passaram para a 2ª. As 10 finalistas de cada temática alcançaram a colocação com base na análise da comissão de avaliação, presidida pela ceramista Hideko Honma, especialista que está à frente de atelier de mesmo nome em São Paulo, e formada por representantes do grupo Cerâmica Contemporânea Brasileira (CCBRas). Na categoria artística, Nadia Saad conquistou a vitória e, na utilitária, Cristina Rocha levou o título.

Fonte: Museu do Café