Xenia França faz show no Estéreo MIS de dezembro

Para encerrar o ano, a edição de dezembro do Estéreo MIS traz show com a cantora Xenia França, no dia 15, sexta-feira. O projeto mensal do Museu da Imagem e do Som, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, tem por objetivo fortalecer a música independente nacional.

A cantora irá apresentar o repertório de seu primeiro álbum solo, lançado em outubro de 2017, intitulado “XENIA” (Natura Musical). Com produção de Lourenço Rebetez, Pipo Pegoraro e coprodução da própria artista, “XENIA” reverencia o som que vem da diáspora negra, em uma sonoridade essencialmente pop com pitadas de música eletrônica, jazz, samba-reggae, rock e R&B.

“Minhas influências desde pequena são Michael Jackson, Stevie Wonder, Gilberto Gil, Elza Soares, Margareth Menezes, Ilê Aiyê, Olodum, Edson Gomes, Milton Nascimento, entre outrxs. Também posso dizer que, há pouco mais de quatro anos, vivo um verdadeiro caso de amor pela música e cultura cubana. Neste trabalho, eu louvo esse povo tão maravilhoso por meio do Batá, tambor sagrado presente entre as gravações”, comenta.

O show acontece no dia 15 de dezembro, às 21h30, no Auditório MIS (172 lugares). Os ingressos podem ser adquiridos a partir da sexta-feira, 8/12, às 12h00, no site da Ingresso Rápido e na recepção do MIS.

Sobre a artista

Baiana radicada em São Paulo, Xenia é uma cantora reconhecida entre outros, pelo seu trabalho dentro da banda Aláfia. Sua carreira começou em 2007, quando cantava na noite paulistana sambas e clássicos da MPB no extinto grupo Capadoxe. Inserida em um cenário artístico de resgate e propagação da cultura Afro-Brasileira, a cantora se transformou em uma referência de empoderamento e comportamento feminino, principalmente para as mulheres negras. Xenia se apresentou no Auditório Ibirapuera (SP), Sesc Pelourinho (Salvador), SESC Consolação, Teatro Pablo Toblón (Medellín, Colômbia), SIM, Casa Natura, entre outros. A cantora já dividiu o palco com artistas como Elza Soares, Maria Bethânia, Emicida, Criolo, Margareth Menezes, Teresa Cristina, Tássia Reis, Liniker, Filipe Catto, Roberta Estrela D’Alva, Larissa Luz, Pipo Pegoraro, Batanga & Cia.

Fonte: MIS