Você também quer sair dessa vida sem sentido?

As peças de Antônio Ewbank, Chico Togni e Edu Marin ocupam parte significativa da área expositiva externa do MuBE. Elas se integram ao ambiente da praça, local de lazer, e se relacionam com toda a paisagem ao redor.

Uma grande pedra, feita predominantemente de materiais orgânicos, madeira e papel, é um área de descanso e repouso. É como se esse trabalho tridimensional se aproximasse do tradicional jardim de pedras japonês. No jardim zen a pedra está relacionada a montanha, lugar de meditação e abertura da mente e do corpo para outros estados e condições espirituais.

Em Você também quer sair dessa vida sem sentido?  é no topo da pedra que está armazenada a água que alimenta os chuveiros sobre os deques. Em pleno verão paulistano, os visitantes podem refrescar seus corpos, relaxar e contemplar a paisagem. Uma grande arquibancada também compõe o conjunto das peças.

Geralmente destinada para que o público se acomode e assista algum evento, ela aqui é o próprio evento. Ao incorporar a funcionalidade as peças tencionam a relação entre arte e design.

O título do trabalho, em vez de buscar uma resposta universal, formula uma pergunta. Ele aborda o sentido da vida, questionamento que tanto a filosofia como a religião, ao longo de toda existência humana, se colocaram. Sem pretender criar algum dogma ou se aproximar da autoajuda, o trabalho constrói um espaço para uma reflexão que não é só da mente, mas também do corpo em relação ao espaço, a arquitetura e a paisagem urbana.

3.instalaçãomube 

 

Instalação: Você também quer sair dessa vida sem sentido?
Antônio Ewbank | Chico Togni | Edu Marin
Curadoria de Cauê Alves
Exposição até  29/01/2017,
Horário: de Terça a Domingo, das 10h30 às 18h
Área externa MuBE
Av. Europa, 218, Jardim Europa, São Paulo
 
Fonte: MuBE
Imagem: divulgação