Visitas Noturnas no Museu da Casa Brasileira

visitanoturna2 detalhe

O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, oferece visitas noturnas em quartas-feiras alternadas, com gratuidade para o ingresso das 18h às 22h. No mês de junho, a ação, que visa ampliar o acesso do público ao museu em horários alternativos, acontece nos dias 11 e 25, com programação especial de exposições, além do evento Viola em Casa Brasileira, , com apresentação no Paulo Freire Trio no dia 25.

Em ambas as datas, o público poderá conhecer a nova exposição temporária do MCB:Vespa: um ícone italiano – História, Cultura e Design , que apresenta a trajetória do veículo desde a sua criação, no final dos anos 1940, por meio de vídeos, fotos, painéis com a linha do tempo e informações sobre a Vespa, além de exemplares históricos cedidos por colecionadores, museus e pelo próprio fabricante, a companhia italiana Piaggio. Fãs da motoneta e o público em geral poderão conferir de perto diferentes modelos de Vespas, protótipos, peças e projetos mecânicos provenientes do Museo Piaggio, em Pontedera (Itália). Sob a curadoria do Istituto Europeo di Design – IED São Paulo, coordenada por Ricardo Peruchi, o conteúdo expositivo é complementado por materiais ilustrativos, vídeos e fotografias narrando como esse produto se consolidou como um ícone mundial.

No dia 25 acontecerá a segunda apresentação da série Viola em Casa Brasileira, que traz quatro shows ao MCB, sendo dois em junho e dois em julho. Durante a visita noturna, às 20h do dia 25, a atração será o Paulo Freire Trio, no lançamento do CD “Alto Grande”. Acompanhado de Adriano Busko (bateria e percussão) e Tuco Freire (contrabaixo), o violeiro Paulo Freire faz um apanhado de sua carreira e mostra o repertório do novo trabalho.

Nos dois dias será possível visitar outras exposições em cartaz no MCB: Coleção MCBreúne móveis e utensílios representativos da casa brasileira do século 17 ao 21, e A Casa e a Cidade – Coleção Crespi-Prado retrata um importante capítulo do desenvolvimento paulistano entre o final do século 19 e meados do século 20 a partir do cotidiano e da trajetória dos moradores originais da casa que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi.

Realizadas desde o início de 2012, as visitas noturnas contribuíram, ao lado de um conjunto de ações do MCB, para o crescimento da frequência ao museu a patamares superiores aos 100 mil visitantes anuais. Além das exposições de acervo e mostras temporárias sobre arquitetura e design, os visitantes têm acesso também a atrações especialmente elaboradas para o horário estendido, como visitas orientadas por curadores, apresentações musicais, lançamentos de documentários e livros, debates, entre outras programações.

Em todas as aberturas noturnas, o Museu da Casa Brasileira atende ao público espontâneo e a grupos agendados. Os interessados em realizar visitas educativas podem ligar para (11) 3032-2499 e saber mais detalhes sobre esta iniciativa e as atrações em cartaz.

Fonte: MCB