Apresentação da exposição

A exposição (instalação) conta com 10 (peças) esculturas representando divindades africanas da cultura ioruba, produzidas com sucatas de eletro eletrônicos, com tamanhos variados entre 2m 40, e 3m 20 de altura x 1.10 m de profundidade.

O artista considera interessante que estas obras possam ser observadas livremente de longe por entender que esse distanciamento faz parte do processo de humanização e “empatização” das obras. Afinal é à medida que nos aproximamos de uma pessoa desconhecida que podemos ir conhecendo nuances e detalhes que no primeiro instante, à distância, não estavam claros e nesse processo gerar empatia com o sujeito. Quando observadas à distância as peças se tornam maciças, não é possível discernir como é seu feitio ou os detalhes dos materiais empregados. À medida que o olhar se aproxima da peça, as tramas são gradativamente relevadas, até que no olhar bem de perto os objetos descartados no cotidiano urbano das grandes metrópoles ficam evidentes. Nesse momento, em que é confrontado com a verdadeira natureza dos materiais que compõe a obra o observador pode finalmente identificar-se como “coautor”, daí ideía de “empatização”.

Suportes utilizados

As peças foram feitas para áreas externas e possuem suportes próprios, com tripés internos de metal.

Dimensões: As 10 peças dos projeto tem em média de 2,0 m a 3,0 m de altura por 1,4 m de diâmetro.

Custos e/ou contrapartidas: Transporte e montagem.

Necessidades para a montagem: Espaços expositivos amplos, preferencialmente áreas externas.

Área mínima para a montagem: Raio livre de 4,0m ao redor de cada peça, o que dá aproximadamente 50 m² para cada uma peça.

Ações complementares: Oficinas.

Contato

Valternu Meio Ambiente Arte – Av. Getulio Vargas, 1122 – Apto. 1 – CEP 09751-250 – São Bernardo do Campo/SP (Região Metropolitana de São Paulo)
Telefone: (11) 97131-0377
Responsável: Valter Nu
E-mail: valternu@gmail.com