Seminário do Museu Histórico Nacional acontece em 13 e 14 de outubro de forma on-line

A edição deste ano do Seminário do Museu Histórico Nacional acontecerá nos dias 13 e 14 de outubro. Com o tema “Escutas, conexões e outras histórias nos museus”, o seminário será realizado em quatro sessões, às 10h e às 14h, no canal do MHN no YouTube.  Haverá certificado de participação mediante lista de presença em cada uma das sessões.

Marcando os 99 anos de criação do museu, o objetivo é provocar debates e estimular reflexões sobre processos museais, tendo o museu como conexão para a produção de histórias e memórias diferentes daquelas consagradas na historiografia e museus tradicionais.

A proposta de ouvir “outras histórias” significa possibilitar a pluralização da construção da história nacional nas ações do MHN. A partir de um olhar crítico e reflexivo sobre o patrimônio museológico, a intenção é criar condições para a reflexão sobre temas que fortaleçam a democracia e a pluralidade da sociedade brasileira.

O seminário faz parte do Plano Anual 2021 do MHN, que tem o apoio da Associação dos Amigos do MHN e patrocínio do Instituto Cultural Vale – por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Para outras informações sobre o Seminário MHN, escreva para o endereço eletrônico mhn.pesquisa@museus.gov.br.

Programação do Seminário MHN 2021

13 de outubro 2021
Sessão I (10h)
“Curadorias compartilhadas em museus nacionais”
Sandra Maria de Souza Teixeira – Museu das Remoções (RJ)
Mãe Meninazinha de Oxum e Mãe Nilce – Museu Iyá Davina (RJ)
Mediação: Maria Helena Versiani – Museu da República (RJ).

Sessão II (14h)
“Autoridade compartilhada e produção de conhecimento nos museus”
Tat’Etu Lengulukenu – Terreiro Inzo Unsaba Ria Inkosse (RJ)
Daua Puri – Movimento Indígena do Rio de Janeiro (RJ)
Mediação: Márcia Chuva (Unirio).

14 de outubro 2021
Sessão III (10h)
“Bens e memórias: entre diálogos e disputas, tecendo novas narrativas”
Solange Palazzi – Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos de Ouro Preto (MG)
Jean Baptista – Universidade Federal de Goiás (GO)
Mediação: Leila Bianchi Aguiar (Unirio).

Sessão IV (14h)
“Práticas de escuta e conexão entre museus e comunidades”
Áurea Pinheiro – Museu da Vila e programa de Mestrado Profissional em Museologia, Artes e Patrimônio/UFPI
Lopes Isabel Massango – Comitê Nacional do Conselho Internacional dos Museus/Icom-Ceca (Moçambique)
Mediadora: Juliana Siqueira – Secretaria Municipal de Cultura de Campinas (SP).

Fonte: Pesquisa MHN