Semana de Arte Moderna de 22: Museu Catavento traz a mostra O Ateliê de Brecheret    

O Museu Catavento apresenta a exposição “O Ateliê de Brecheret”, que compõe a programação da Agenda Tarsila e faz parte do projeto Modernismo Hoje, em comemoração ao Centenário da Semana de Arte Moderna de 22. A mostra será realizada diretamente do local em que trabalhou o escultor Victor Brecheret, no Palácio das Indústrias, em São Paulo.

Em 220m² de área expositiva, 28 metros lineares e 12m² do palco com holografias das esculturas, ferramentas e desenhos do Brecheret, a exposição conta a história do artista e do espaço que abrigou a realização de importantes obras e de um encontro essencial para a história da arte brasileira. A mostra pode ser conferida de terça-feira a domingo, das 9h às 17h, no piso superior do museu.

Em 1920, um grupo de artistas modernistas se dispôs a visitar o Palácio das Indústrias, na época ainda em construção, e esperava encontrar apenas o edifício que imaginava desprestigiar, mas encontrou “O Ateliê de Brecheret”. Ao subirem a escadaria monumental do palácio, Mário de Andrade, Menotti Del Picchia, Oswald de Andrade e Di Cavalcanti ficaram maravilhados com as obras daquele escultor discreto.

Com apenas 25 anos de idade, Victor Brecheret, que retornara ao Brasil havia poucos meses, foi uma descoberta para os modernistas que buscavam a ruptura com a arte acadêmica tradicional.

Elevado à condição de um dos ícones do Modernismo, ao lado de importantes nomes da intelectualidade da época, Brecheret foi o artista que teve o maior número de obras expostas na Semana de Arte Moderna de 1922.

Apesar de não estar presente na Semana, Brecheret deixou 12 esculturas para serem expostas no Teatro Municipal, a maioria delas produzidas em seu ateliê no Palácio das Indústrias, patrimônio cultural da Cidade de São Paulo e que hoje, abriga o Museu Catavento. No mesmo ateliê, Brecheret deu início àquela que é considerada sua maior obra: o Monumento às Bandeiras.

SERVIÇO

Exposição “O Ateliê de Brecheret”

De terça-feira a domingo, das 9h às 17h, no piso superior do museu.

Garanta seu ingresso, acesse aqui

Fonte: Museu Catavento