Semana de 22 é tema central da programação dos Museus-Casas Literários

A Casa das Rosas, a Casa Guilherme de Almeida e a Casa Mário de Andrade seguem com uma agenda que marca o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. Visita em acervo temático, cursos on-line e palestras são algumas das atividades. Toda a programação é gratuita.

Casa das Rosas

A série de encontros Páginas abertas, na qual livros e autores que foram referências para Haroldo de Campos, destaca seu acervo e mostra a atualidade de seu percurso crítico. Para o mês de março, a série do museu Casa das Rosas realizará o curso on-line Murilo Mendes e os modernistas nas terças-feiras, dias 8, 15, 22 e 29, das 19h às 21h. 

A doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Literatura e Mestre em Literatura pela UnB, Raquel Campos, pretende debater as principais questões teóricas sobre a poesia de Murilo Mendes e o diálogo da primeira fase da obra muriliana com a Semana de 22. As inscrições estão abertas, clique aqui.

Para mais informações sobre a programação completa, acesse o site do museu.

Casa Mário de Andrade

O museu Casa Mário de Andrade abordará a produção do Grupo dos Cinco, formado em 1922 por Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, Menotti Del Picchia e Anita Malfatti, sob a ótica das relações pessoais e dos diálogos artísticos.

O curso on-line O Grupo dos Cinco: amizade e modernismo será oferecido nos dias 9, 16, 23 e 30 de março, quartas-feiras, a partir das 19h, com a coordenação da Gênese Andrade, doutora em Literatura Hispano-americana pela USP, pós-doutora em Literatura Comparada pela Unicamp, professora da Faap, pesquisadora, tradutora, além de autora e organizadora de livros como Modernismos 1922-2022 (2022 – Companhia das Letras).

As abordagens ficarão em torno dos encontros e o início da amizade nos espaços de sociabilidade, retratos, cartas, crônicas, afinidades, afeições e diferenças. As pessoas interessadas podem fazer a inscrição pelo site do museu clicando aqui.

A Casa Mário de Andrade traz mais atividades para celebrar o centenário da Semana de Arte Moderna, como o curso Sete mulheres na vida de Mário de Andrade, nas terças-feiras, 8 a 29/03; e o Clube de Leitura do museu abordando o cordel Semana de Arte Moderna 100 anos, do autor  Josué Gonçalves de Araujo, no dia 26/03. Acesse o site da Casa e fique por dentro da agenda completa.

Casa Guilherme de Almeida

Conhecido também como o mês das mulheres, março traz uma visita presencial pelo museu biográfico e literário com o objetivo de destacar as obras de artistas plásticas e escritoras que integram o acervo da instituição. 

As mulheres do Modernismo na Casa Guilherme de Almeida será uma visita aplicada pelo núcleo educativo do museu no dia 19 de março, sábado, a partir das 15h, focada no campo das artes visuais, com telas de Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Moussia Pinto Alves, e na literatura com livros de Cecília Meireles e Rachel de Queiroz.

O objetivo é colaborar na reflexão sobre a atuação feminina e seu legado para a arte e a cultura brasileiras. Essa atividade faz parte da programação da Agenda Tarsila, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Para agendar a visita e ficar por dentro dos protocolos de biossegurança, clique aqui. É obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação contra Covid-19, pelo menos com duas doses, seguindo o Decreto 60.989 estabelecido em 06/01 pela Prefeitura do Município de São Paulo.

O restante das atividades relacionadas ao Modernismo dos anos 1920 está disponível no site da instituição.

Cinema

A Casa Guilherme de Almeida também aplicará cursos envolvendo diferentes aspectos do cinema, área em que o patrono do museu atuou como crítico cinematográfico.

O real, a memória e o imaginário: o cinema de Petra Costa será um curso on-line, via Zoom, com encontros nas quartas-feiras, dias 9, 16, 23 e 30 de março, das 19h às 21h. Carlos Gonçalves, pós-doutorando em Comunicação e Audiovisual pela USP-ECA e professor em Pós-Graduação do SENAC, Belas Artes e em cursos livres de cinema no SESC, ministrará as aulas. As inscrições estão abertas aqui.
O curso pretende estudar o estilo documental da diretora Petra, em sintonia com a produção contemporânea do gênero, além do uso das narrativas de reconstrução sensível das histórias de vida dos sujeitos documentados. Na pauta principal do curso, encontra-se a análise dos longas-metragens Elena (2012), Olmo e a Gaivota (2015) e Democracia em Vertigem (2019).

A palestra O cinema de Joel Zito Araújo será apresentada pelo próprio diretor e roteirista Joel Zito Almeida de Araújo, com atuação militante pautando a desigualdade racial no Brasil. O bate-papo com o público sobre o processo criativo e a sua mais recente produção, o filme O pai da Rita (2021), será apresentado no canal de YouTube do museu no dia 25 de março, sexta-feira, às 19h. A inscrição, para receber o lembrete da atividade por e-mail, segue aberta neste link.

A produção audiovisual de Joel Zito Araújo é pioneira de um momento importante do Brasil, aquele em que pessoas negras deixam de ser objeto e passam a ser sujeitos de suas representações fílmicas. Com filmografia reunindo 16 filmes, o diretor, roteirista, escritor e pesquisador Joel Zito é reconhecido internacionalmente por sua capacidade de aliar os elementos cinematográficos às questões sociais.

A música do compositor polonês Krzysztof Penderecki, um dos marcos da música clássica dos séculos XX e XXI, tem obras que deram ritmo importante a grandes filmes, entre eles, O IluminadoIlha do Medo e Twin Peaks. Nesse sentido, a palestra Penderecki e o cinema mostrará um panorama do trabalho do compositor com o cinema, no dia 29 de março, terça-feira, às 19h, via YouTube.

A apresentação será de Eduardo Frigatti, arranjador, compositor, violonista, doutor em Música pela USP, professor no Instituto de Música da Uniwersytet Marii Curie-Skłodowskiej (UMCS), em Lublin-PL, e que já foi aluno de composição de Krzysztof Penderecki.

A palestra abordará a biografia do Penderecki e suas fases composicionais; uma explanação da concepção estética e das técnicas que geram a sonoridade única de seu estilo; e quais de suas músicas foram utilizadas em filmes e como foram aplicadas.

No início de abril o museu oferecerá o curso on-line David Bowie no cinema: as muitas faces do Starman com a coordenação do cineasta e doutor em Comunicação pela UAM, Lúcio Reis Filho. As aulas serão nos dias 4, 11, 18 e 25 de abril, segundas-feiras, das 19h às 21h. A inscrição está aberta aqui.

Além de professor e realizador de projetos audiovisuais, junto de Laura Cánepa, Lúcio organizou o livro David Bowie: O Homem que Caiu na Tela (Genio Editorial, 2021).

No curso, ele pontuará a presença marcante de David Bowie na música, na cultura pop e no cinema, no qual estreou no fim dos anos 1960. A proposta será revisitar a obra do artista a partir dos seus trabalhos na arte cinematográfica, unindo-se com as áreas de História, Comunicação e Artes.

SERVIÇO

Programação gratuita

Casa das Rosas:

Curso – Murilo Mendes e os modernistas

Com Raquel Campos

Terças-feiras, 8, 15, 22 e 29 de março, das 19 às 21h.

Zoom | 250 vagas

Inscrições até 8/03: aqui


Avenida Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)
O museu está fechado para restauro, e tem realizado atividades no espaço livre do jardim e no seu orquidário.

Fique por dentro dessa agenda acessando o site (aqui).

O jardim fica aberto todos os dias da semana, das 7h às 22h.

O restante das atividades continua virtual e com programação acessível pelos sites do museu e do +Cultura

Programação gratuita

Tel. 3285-6986; 3673-1883 (atendimento na Casa Guilherme de Almeida)

Casa Mário de Andrade:

Curso – O Grupo dos Cinco: amizade e modernismo

Com Gênese Andrade

Quartas-feiras, 9, 16, 23 e 30 de março, das 19h às 21h

Zoom | 250 vagas

Inscrições até 9/03: aqui


Telefone: (11) 3666-5803 | 3826-4085

Agende sua visita e confira as medidas de segurança para se proteger da Covid-19 pelo site da instituição.

Algumas atividades seguem virtuais e com programação acessível pelos sites do museu ou +Cultura

Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda – São Paulo

Acessibilidade: rampa de acesso ao andar térreo e fraldário móvel.
Programação gratuita

Casa Guilherme de Almeida:

Visita temática – As mulheres do Modernismo na Casa Guilherme de Almeida

Com Ana Lídia Teberga – Núcleo de Ação Educativa

Sábado, 19 de março, das 15h às 16h

Presencial | 5 vagas

Agendamento até 19/03 ou até o preenchimento das vagas: aqui

A capacidade de público estará sujeita aos protocolos de biossegurança vigentes na ocasião

Curso – O real, a memória e o imaginário: o cinema de Petra Costa
Com Carlos Gonçalves

Quartas-feiras, dias 9, 16, 23 e 30 de março, das 19h às 21h

Online: Zoom | 300 vagas

Inscrições até 8/03 – aqui

Palestra – O cinema de Joel Zito Araújo
Com Joel Zito Araújo

Sexta-feira, dia 25 de março, às 19h

Plataforma: Youtube 

Sem a necessidade de inscrição

Palestra – Penderecki e o cinema
Com Eduardo Frigatti

Terça-feira, dia 29 de março às 19h

Plataforma: Youtube  

Curso – David Bowie no cinema: as muitas faces do Starman

Com Lúcio Reis Filho

Segundas-feiras, dias 4, 11, 18 e 25 de abril, das 19h às 21h

Plataforma: Zoom | 300 vagas

Inscrições até 1º de abril: aqui

Tel.: 11 3673-1883 | 3803-8525 | 3672-1391 | 3868-4128
Agende sua visita e confira as medidas de segurança para se proteger da Covid-19 pelo site do museu.

Algumas atividades continuam on-line e com programação pelos sites do museu ou  +Cultura

Museu – R. Macapá, 187 – Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo
Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943 – Sumaré, São Paulo/SP
Acessibilidade: rampa de acesso, elevador, piso podotátil e banheiro adaptado; videoguia em Libras e réplicas táteis.
Programação gratuita

Fonte: Poiesis