Semana da Mulher Indígena no MAE-USP tem ciclo de palestras gratuitas e abertas ao público em geral

Com transmissão ao vivo, programação poderá ser vista pelo público que não puder comparecer ao evento

Começa hoje (9) a “Semana da Mulher Indígena no MAE-USP: Mulheres que transformam o museu”, no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo (MAE-USP).

Aberto ao público em geral, sem necessidade de inscrição prévia, a programação tem início às 14h, com a palestra “O Sagrado no museu – discutindo sobre remanescentes humanos: a pesquisa e comunicação museológica”.

Na terça-feira (10), às 14h, o tema será “Museus Indígenas, Museologia Indígena – o protagonismo das mulheres em São Paulo”.

Encerrando a programação, na sexta-feira (13), às 14h, haverá a palestra “A mulher na preservação da cultura tradicional indígena”.

Para participar das atividades, foram convidados os palestrantes Dirce Jorge, Susilene Elias de Melo, Neusa Umbelino e Deolinda Pedro (Kaingang); Maria Eunice Ribeiro da Silva e Maria Aparecida de Lima (Guarani Nhandewa) e Euza Lipu, Fatima Silverio, Rosimara Marcolino Antonio Iaiati e Ana Paula Victor Campos (Terena).

O evento será transmitido ao vivo, para assistir, acesse os links:
09/03/2020 – https://youtu.be/3wIkdHZPmmg
10/03/2020 – https://youtu.be/l5y4-46YQEE
13/03/2020 – https://youtu.be/K0GrlY2BfTo

SERVIÇO

Semana da Mulher Indígena no MAE-USP: Mulheres que transformam o museu

Dia 09/03, às 14h, “O Sagrado no museu – discutindo sobre remanescentes humanos: a pesquisa e comunicação museológica”.

Dia 10/03, às 14h, “Museus Indígenas, Museologia Indígena – o protagonismo das mulheres em São Paulo”.

Dia 13, às 14h, “A mulher na preservação da cultura tradicional indígena”.

Museu de Arqueologia e Etnologia – MAE-USP

Av. Prof. Almeida Prado, 1466, Sala 2 – Bloco B – Cidade Universitária, São Paulo/SP

Gratuita

Fonte: MAE-USP