ROCKETMAN GANHA SESSÃO GRATUITA SEGUIDA POR BATE-PAPO NO MUSEU DA IMAGEM E DO SOM

Indicada ao Oscar de Melhor Canção, cinebiografia de Elton John ganha exibição gratuita no dia 30, seguida de debate

Paralelamente à exposição Musicais no Cinema, o Museu da Imagem e do Som (MIS), em parceria com o site Pop with Popcorn e a Sony Pictures Home Entertainment, realiza uma sessão especial de “Rocketman”, seguida de debate sobre o filme e sobre o cantor Elton John. O longa-metragem, dirigido por Dexter Fletcher, será exibido gratuitamente no dia 30, às 19h, seguido de bate-papo com o Duda Leite, curador da exposição no Brasil, e os jornalistas Guilherme Bryan e Pablo Miyazawa. A conversa é mediada por Gabriel Fabri (Pop with Popcorn / Revista Preview).

Indicado ao Oscar de Melhor Canção pela faixa “(I’m Gonna) Love Me Again”, de Elton John e Taron Egerton, o longa-metragem recebeu três indicações ao Globo de Ouro: além de Melhor Canção, pelo qual foi premiado, também foi indicado a Melhor Filme Musical/Comédia e Melhor Ator em Musical/Comédia para Taron Egerton, que interpreta o popstar britânico.

Rocketman possui dois figurinos originais trazidos exclusivamente para o Brasil na exposição Musicais no Cinema, que fica em cartaz até o dia 16 de fevereiro. O ingresso para a sessão gratuita deve ser retirado com 2h de antecedência na recepção do Museu.

Exposição Musicais no Cinema

A partir de fotografias, vídeos, cartazes, documentos de produção, figurinos e depoimentos, a mostra reúne filmes musicais de diferentes partes do mundo, destacando marcos para o gênero, como “Cantando na chuva” (1952), “Amor, sublime amo”r (1961) e “Dançando no escuro” (2000). A curadoria ficou a cargo do pesquisador N. T. Binh, e a adaptação da exposição para o MIS foi desenvolvida pelo jornalista e cineasta Duda Leite, que acrescentou espaços e conteúdos inéditos baseados na cultura brasileira, como Assim era a Atlântida, dedicada ao maior estúdio cinematográfico do Brasil do gênero musical, e uma área que homenageia a atriz e cantora Carmen Miranda.  “Com a adaptação curatorial da exposição, pretendemos apresentar um amplo painel da produção de filmes musicais produzidos no Brasil, desde 1927 até 2019, com destaque especial para alguns movimentos e estúdios cinematográficos”, explica Duda. “Carmen Miranda, a ‘brasileira mais famosa do século XX’, e nossa estrela maior dos musicais, ganhou um espaço dedicado só para ela, com exibição de trechos de seus musicais clássicos – como ‘Entre a Loura e a Morena’ (1943), de Busby Berkeley, e ‘Uma Noite no Rio’ (1941), de Irving Cummings -, além de uma seleção especial de objetos usados nos filmes. Não poderia faltar, é claro, itens pessoais, dentre eles, um dos seus icônicos turbantes”, diz.

O projeto arquitetônico da exposição, realizado pela Caselúdico sugere uma imersão na atmosfera de cada filme. A mostra ainda destaca figuras marcantes do gênero como Fred Astaire, Jacques Demy, Julie Andrews, Cyd Charisse e John Travolta.

SERVIÇO

Rocketman | Sessão especial + bate-papo

Data: 30 de janeiro de 2020, quinta-feira

Horário: 19h às 22h

Local: Auditório MIS (172 lugares)

Ingressos:  Gratuitos. Os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência

Exposição Musicais no Cinema
Valor: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia) – à venda no site da SYMPLA e recepção do MIS
(Entrada gratuita às terças-feiras e para crianças até cinco anos)

Data: até 16 de fevereiro

Horário: Terças a sábados, das 10h às 20h (com permanência até 22h); domingos e feriados, das 10h às 19h (com permanência até 21h)

Classificação indicativa Livre

Museu da Imagem e do Som – MIS

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo| (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br

Estacionamento conveniado: R$ 18. Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.

Fonte: Sec. da Cultura de SP