Ribeirão vai receber Museu da Língua Portuguesa em versão itinerante

Secretário da Cultura promete também inauguração de centro cultural no Ribeirão Verde em fevereiro

 

rp - lingua portuguesa

 

Prefeitura prometer reabrir espaço em janeiro (Foto: 02.ago.2013 – Matheus Urenha / A Cidade)

Ribeirão Preto vai receber uma mostra itinerante do Museu da Língua Portuguesa em janeiro de 2014 e o bairro Ribeirão Verde vai ganhar em fevereiro um Centro de Educação Unificado (CEU), a exemplo daqueles existentes em São Paulo. É o que afirma o secretário municipal da Cultura Alessandro Maraca.

“A mostra do museu vai ser realizada no Marp (Museu de Arte de Ribeirão) e na praça Carlos Gomes. Já o CEU terá cinema, teatro, pista de skate e sala de inclusão digital”, garante o secretário.

Para o mês que vem, Maraca também promete a (re)abertura oficial do Teatro de Arena com atividades culturais. “Vamos desenvolver atividades que contemplem diversas áreas culturais em pelo menos uma semana no mês de janeiro”, diz.

Virada cultural

Maraca também afirma que a prefeitura pleiteou a realização da Virada Cultural em Ribeirão, evento que não é realizado na cidade desde 2011.

Mas o secretário diz que, caso a cidade receba a martona cultural este ano, pretende discutir a estrutura com o governo estadual.

“Já planejei uma verba do orçamento de R$ 200 mil para o evento e não pretendo gastar mais do que isso”, ressalta Maraca, que, para economizar, deve contar com o apoio de produtores locais.

O secretário afirma que 2014 ainda vai ser um ano “para colocar as coisas em diz”. “Queremos investir na formação de produtores locais para que a cidade possa se inscrever mais em projetos de incentivo cultural”, comenta.

Edital do PIC deve mudar

O secretário Alessandro Maraca disse que o edital do Programa de Incentivo Cultural ainda não foi publicado no Diário Oficial porque o texto deve passar por mudanças. O PIC foi um dos principais alvos da CPI da Cultura criado pela Câmara Municipal em 2013. “Vai haver algumas mudanças na questão da prestação de contas. Agora vamos exigir a apresentação de notas fiscais”, diz o secretário, que promete publicar o edital em janeiro.

Reformas no municipal

A Secretaria da Cultura já tem um projeto para melhorias no Teatro Municipal que envolvem a troca de cadeiras e reforma no telhado. Porém, Maraca prevê um projeto maior para contemplar outras demandas, como por exemplo, o ar-condicionado que está quebrado. Não há previsão de início das obras.

Fonte: Jornal A Cidade