Palestra conta a história do mobiliário na Coleção Ema Klabin

No próximo dia 14 de abril, sábado, das 11h às 13h, a historiadora Angela Brandão ministra a palestra “Uma história do mobiliário na Coleção Ema Klabin”. O encontro apresentará uma breve história do mobiliário a partir da coleção de móveis expostos na Casa-Museu Ema Klabin. São apenas 30 vagas.

Este encontro faz parte do ciclo de palestras sobre os capítulos do livro “A Coleção Ema Klabin”, editado recentemente pela Fundação. A publicação, organizada pelo curador Paulo de Freitas Costa, traz um panorama do acervo de Ema Klabin (1907-1994), uma mulher à frente de seu tempo que dedicou-se com empenho e competência a colecionar obras de arte, que hoje fazem parte da Casa-Museu, no Jardim Europa, em São Paulo.

Na publicação, os especialistas analisam desde a construção do imóvel-sede da Fundação, realizada ao longo dos anos de 1950, até a coleção: pintura holandesa; flamenga e francesa; a arte colonial brasileira nas talhas de mestre Valentim; a arte do Japão, China e da África; o modernismo Europeu e a “Escola de Paris”, o modernismo brasileiro, a coleção de artes decorativas, o mobiliário; os objetos da antiguidade clássica; e a biblioteca com três mil volumes, muito deles raríssimos. O livro poderá ser adquirido no dia da palestra.

Sobre a palestrante
Angela Brandão estudou História na Universidade Federal do Paraná, Especialista em Arte e Cultura Barroca pela Universidade Federal de Ouro Preto, Mestre em História da Arte e da Cultura pela UNICAMP e Doutora em História da Arte pela Universidade de Granada, Espanha. É professora no Departamento de História da Arte da UNIFESP. Fes pós-doutorado junto ao Departamento de História da Arquitetura e Estética do Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP).

Sobre a Casa-Museu
Aberta ao público desde 2007, a Casa-Museu, antiga residência da mecenas, colecionadora e empresária Ema Klabin (1907-1994) abriga um valioso acervo de mais de 1500 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall, do holandês Frans Post, talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário, peças arqueológicas e decorativas. Inspirada no Palácio de Sanssouci, em Potsdam, Alemanha, a Casa-Museu de 900 m², construída na década de 50 pelo engenheiro-arquiteto Ernesto Becker especialmente para abrigar as obras da colecionadora, é uma atração à parte. Até o jardim do museu, projetado por Burle Marx, é uma obra de arte.

SERVIÇO 
Palestra “Uma história do mobiliário na Coleção Ema Klabin”
Data: 14 de abril – sábado
Horário: Das 11h às 13h.
Vagas: 30
Inscrições gratuitas: https://emaklabin.org.br/
Local: Casa-Museu Ema Klabin
Endereço: Rua Portugal, 43 – Jardim Europa, São Paulo – 11 3897-3232

Fonte: Casa-Museu Ema Klabin