PAÇO DAS ARTES COMEMORA 50 ANOS COM PROGRAMAÇÃO ON-LINE INÉDITA

Durante todo o mês de julho, o Paço das Artes, com patrocínio máster da Youse, vai celebrar os 50 anos de vida da Instituição e um quarto de século da Temporada de Projeto com lançamentos de conteúdos inéditos em suas plataformas digitais por meio da #paçoemtodolugar

Novo desde 1970, o Paço das Artes – considerado a principal incubadora de novos talentos da arte contemporânea brasileira – é uma instituição qualificada na reflexão da arte contemporânea voltada ao que há de mais atual na cena nacional e internacional. Em seus quase 50 anos, o Paço exibiu importantes mostras com artistas como Claudia Andujar, Francis Bacon, Tomie Ohtake, Bill Viola, Cildo Meireles e Charly Nijensohn, além de promover um dos mais longevos editais no campo das artes, a Temporada de Projetos. Em 50 anos de história, o Paço das Artes sempre resistiu às barreiras físicas e simbólicas na sua luta por formação, fomento e difusão da produção artística contemporânea.

Após lançar o  Puc no Paço, parceria entre o Paço das Artes e a PUC-SP por meio dos cursos “Comunicação e Multimeios” e “Arte: História, Crítica e Curadoria”, que promoveu conversas com artistas como Regina Silveira e Lucas Bambozzi e dar continuidade ao Sonora Paço, ação  de fomento à arte contemporânea e música que levou nomes como  Dudu Tsuda, Ricardo Carioba, Vivian Caccuri e Gustavo von Ha para as plataformas digitais do Paço das Artes, agora é a vez de comemorar os 50 anos instituição relembrando os artistas, curadores de críticos que participaram da Temporada de Projetos 2019.

“A escolha da celebração dos 50 anos do Paço das Artes com a temática da Temporada de Projetos foi feita por ela ser um dos mais importantes e longevos editais de arte contemporânea do país que tornou a Instituição em uma grande incubadora de jovens artistas, críticos e curadores do país por meio da presença de mais de 295 artistas, 22 curadores, 87 críticos e 56 jurados que já participaram dela. Além disso, neste ano, ela completa quase um quarto de século”, explica Priscila Arantes, diretora da Instituição. 

É uma programação especial de celebração: durante todo o mês de julho, o Paço das Artes lançará em suas plataformas digitais, por meio da #paçoemtodolugar, conteúdos inéditos como textos críticos e vídeos com entrevistas dos artistas participantes da Temporada de Projeto como Haroldo Saboia, Ana Maria Maia, Bruno Novaes, Claudinei Roberto, Manuel Carvalho, Juliana dos Santos, Márcio Harum, Coletivo Cartográfico, Ananda Costa, Alice Lara, Felipe Chimicatti, Pedro Carvalho, Ananda Carvalho, Vinicius Spricigo, Maria Luiza Mazzetto, entre outros. Também vai relembrar sua trajetória por meio de depoimentos de personagens importantes que tiveram ou têm alguma relação com a instituição como Daniela Bousso, Ricardo Otahke e Monica Nador.

Todas as ações serão  veiculadas  nas plataformas virtuais do Paço das Artes e integram o projeto #paçoemtodolugar que prevê atividades temáticas online, para o período em que ainda estiver de portas fechadas por conta da crise do COVID-19. O #PaçoEmTodoLugar nasce com uma programação apresentada nas redes sociais com conteúdos sobre a história da instituição, ações artísticas, educativas e interativas que envolvem projetos de artistas e exposições que já passaram pelo Paço das Artes. O projeto do Paço das Artes, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, com patrocínio máster da Youse, faz parte do #CulturaEmCasa, conjunto de atividades da Secretaria que engloba todos os equipamentos culturais geridos pelo Governo do Estado de São Paulo.

Fonte: Paço das Artes