Oficina Cultural Oswald de Andrade apresenta espetáculos que abordam a LGBTfobia

Todo mês de junho, o movimento LGBT reforça suas constantes lutas por suas vidas, por respeito e contra a intolerância. Os índices de violência contra essa população, no Brasil, são inaceitáveis: em 2018, a cada 20 horas uma pessoa LGBT foi morta. É função da sociedade colocar a temática em foco para fortalecer o movimento e garantir a dignidade da população LGBT, como de qualquer cidadão.

Nesse contexto, no mês do orgulho LGBT, a Oficina Cultural Oswald de Andrade apresenta dois espetáculos que abordam a LGBTfobia.

De 03 a 26 de junho, de segunda a quarta, às 20h, o público pode se encantar com “Entrega para Jezebel”, escrita por Roberto Muniz Dias, que conta a história de Jezebel, uma travesti que alterna o seu tempo entre o trabalho nas ruas e o cuidado do pequeno Eduardo, deixado com ela por uma amiga. Entre cenas do passado e do presente, a protagonista divide com o público sua história de transfobia na rua, em casa, na escola e em relacionamentos. Jezebel também apresenta seus sonhos: ser cantora e ser mãe. Travesti pode ser artista? Travesti pode ser mãe? Em cena, Valéria Barcellos e Clodd Dias, ambas atrizes negras e transexuais, e Daniel Sapiência, sob a direção de Rodolfo Lima.

No dia 13, estreia “Max”, espetáculo que aborda a LGBTfobia por meio de uma narrativa distópica. Após passar quase três anos em coma, Max acorda com poucas lembranças de sua vida antes do acidente e encontra uma cidade completamente transformada. O presidente do país foi deposto e, em seu lugar, assumiu um pastor que empreende uma cruzada moral baseada na extinção de todas as liberdades individuais. Entre idas e vindas do consultório psiquiátrico, Max tenta reconstruir sua vida a partir de sua única fonte de memória: seus sonhos.  O espetáculo pode ser visto entre os dias 13 de junho e 6 de julho, quintas e sextas, às 20h, e sábados, às 18h.

SERVIÇO

Entrega para Jezebel

3 a 26/6, segunda a quarta, às 20h.

Recomendação etária: 18 anos. Duração: 80 min.

Max

13/6 a 6/7, quintas e sextas, às 20h, e sábados, às 18h.

Recomendação etária: 18 anos. Duração: 60 min.

Oficina Cultural Oswald de Andrade

Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro – São Paulo

Telefone: (11) 3221-4704

Funcionamento: de segunda a sexta-feira das 9h às 22h, e aos sábados das 10h às 18h

Fonte: Sec. de Cultura de SP