Obras de Delacroix e Cézanne ganham exposição no MASP

MASP recebe, entre 17 de julho e 25 de outubro, a exposição “Arte da França: de Delacroix a Cézanne”, com uma seleção da coleção de arte francesa que integra o acervo do museu e forma o mais significativo conjunto de arte francesa do hemisfério sul. O ingresso custa até R$ 25 e o público pode conferir a mostra de terça a domingo, das 10h às 18h, e às quintas, das 10h às 20h. Às terças, durante o dia todo, e às quintas, a partir das 17h, o museu tem entrada Catraca Livre*.

A mostra atravessa quase 200 anos de produção artística na França, dos séculos 18 ao 20, exibindo retratos, paisagens, naturezas-mortas e cenas históricas e do cotidiano de 24 importantes artistas do período.

Estão representados pintores de herança neoclássica, como Jean-Auguste-Dominique Ingres (1780-1867), e romântica, como Eugène Delacroix (1798-1863); além de nomes ligados aos movimentos precursores do Modernismo, como o Realismo, de Gustave Courbet (1819-1877); o Impressionismo, de Claude Monet (1840-1927) e Edgar Degas (1834-1917); o Pós-Impressionismo, de Paul Cézanne (1839-1906), Vincent Van Gogh (1853-1890) e Paul Gauguin (1848-1903); o grupo dos Nabis, de Edouard Vuillard (1868-1940); e o Cubismo, de Pablo Picasso (1881-1973).

Pierre-Auguste Renoir, Rosa e azul (As meninas Cahen d´Anvers), 1881, óleo sobre tela, 119 x 74 cm.

Fonte:
Catraca Livre