NADIA STARIKOFF E CAROL MONDIN: “AURORAR” NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA

Unindo artes visuais e poesia, projeto celebra o universo feminino

A artista visual Nadia Starikoff e a poetisa Carol Mondin abrem no dia 18 de junho a exposição “Aurorar” no Memorial da América Latina, contendo 14 pinturas e 14 poemas. A mostra tem curadoria de Higor Advenssude e a entrada é gratuita.

“Aurorar” é fruto de uma parceria de Nadia com a poetisa Carol Mondin. Trata-se de um manifesto sobre o feminino que retrata a multiplicidade que cada mulher tem dentro de si, criando uma plataforma de empoderamento e autoestima.

Em “Aurorar”, Nadia exibe 14 pinturas que se conectam com 14 poesias de Carol, celebrando o feminino e tudo que ele representa, da força ao poder da vida, das diferenças com o masculino às relações com o viver.

O local escolhido para a exposição – a Biblioteca Latino-Americana no Memorial da América Latina – tem grande afinidade com o conceito do projeto, no qual se fundem literatura, arte e raízes da América Latina.

Além da exposição, nos dias 23 de junho e 07 de julho será realizado um workshop no local, partindo da conexão das pinturas com os poemas para a conexão dos trabalhos com a vida dos participantes, que serão incentivados a produzir seus próprios poemas e ilustrações.

SERVIÇO

“Aurorar” no Memorial da América Latina (Biblioteca Latino-Americana)
Endereço: Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664
Abertura: 18 de junho, às 20h
Em cartaz até 15 de julho de 2018
Segunda a sexta das 09h às 18h e sábados das 09h às 15h
Ação educativa nos dias 23 de junho e 07 de julho
Informações: (11) 3823-4655

Fonte: Desvela