Museus tem programação especial para comemorar o Dia da Consciência Negra

museu-da-imigracao consciencia negra tv

No dia 20 de novembro, o MI promove uma programação especial para celebrar a data que marca o Dia da Consciência Negra. As atividades têm início às 14h, com uma oficina de turbantes ministrada por Débora Marçal. Com objetivo principal de compartilhar algumas técnicas de amarrações de tecidos, a oficina tem como referência inicial os turbantes africanos de países como Moçambique (aprendido em Maputo), Angola e Senegal.

Quem participar poderá ainda levar um turbante para casa. A oficina é gratuita e tem vagas limitadas. Inscrições pelo email: inscricao@museudaimigracao.org.br

Na sequência, às 15h, a Cia. Tribo faz uma apresentação de dança e música africana. A companhia desenvolve um trabalho de pesquisa, resgate e divulgação da cultura afro por meio da dança. Traz uma linguagem contemporânea que evidencia a força da identidade cultural do País, permitindo assim um intercâmbio entre o Brasil e as vertentes da cultura afro no mundo.

Todas as atividades são gratuitas e livres ao público. Mais informações pelo e-mail museudaimigracao@museudaimigracao.org.br

Fonte: Museu da Imigração


Museu Afro Brasil

logo museu preto transparente

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL

“Dia da Consciência Negra” – 20/novembro

10h

Apresentação musical

Grupo Vana Kembo

Apresentação musical com um grupo formado por 5 músicos congoleses, que vivem no Brasil, acompanhados por instrumentos típicos de percussão, como o djembé. O Grupo já participou da Virada Cultural de 2008.

10h

Lançamento de livro

Do outro lado

Lançamento do livro do fotógrafo Cesar Fraga e do jornalista e historiador Maurício Barros de Castro. O prefácio é do escritor guineense Abdulai Sila. Em viagem por nove países africanos, os autores percorreram os lugares de memória do tráfico de escravos para o Brasil. O registro é uma oportunidade para os leitores brasileiros de ampliar o conhecimento sobre este capítulo de nosso passado e sobre a África contemporânea. O roteiro da viagem incluiu a trajetória das quatro rotas utilizadas pelo tráfico de escravos para o Brasil, bem como o retorno de africanos libertos para o continente, registrando os resquícios dessa história sob o prisma local. 

10h

Visita Temática Especial

As visitas deverão ser previamente agendadas por e-mail.

(As vagas já estão esgotadas)

Dia de Zumbi – Resistência e Luta

Visita mediada por Educadores do Museu Afro Brasil, enfatizando diversos processos e estratégias de resistência que marcaram, e marcam ainda hoje, a história do negro no Brasil.

11h

Show internacional de hip hop

(parceria com o Consulado dos Estados Unidos)

Toni Blackman

Show com um dos maiores expoentes do hip hop norte americano, Toni Blackman, acompanhada pela DJ Simone Lasdenas, precedido por uma palestra realizada pela artista, falando do tema “Educação, Resistência e Ativismo”.

13h

2ª Apresentação musical

Grupo Vana Kembo

Apresentação musical com um grupo formado por 5 músicos congoleses, que vivem no Brasil, acompanhados por instrumentos típicos de percussão, como o djembé. O Grupo já participou da Virada Cultural de 2008.

13h45

Contação de Histórias – Especial

Aos Pés do Baobá Especial – “Histórias Afrobrasileiras”

Os visitantes serão recebidos na Biblioteca do Museu Afro Brasil, com apresentação da biblioteca e da escritora Carolina Maria de Jesus. Em seguida serão convidados a ouvir e conversar sobre histórias que remetem a diversas formas de resistências que marcam as identidades de nosso povo e revelam a forte presença das matrizes africanas na cultura brasileira.

14h00

Exibição de filme no Auditório (parceria com a TV Globo –  Projeto Pipoca)

Besouro

Besouro é um filme brasileiro que conta a vida de Besouro Mangangá, um capoeirista brasileiro da década de 1920, a quem eram atribuídos feitos heróicos e lendários. Estreou nos cinemas do Brasil no dia 30 de outubro de 2009.

15h15

Brincadeiras do Congo

Atividade com brincadeiras tradicionais congolesas. Os visitantes aprendem canções em kikongo e lingala; em seguida, participam de uma roda em que todos cantam e dançam ao som do djembé.

16h30

2ª Exibição de filme no Auditório (parceria com a TV Globo – Projeto Pipoca)

Besouro

Besouro é um filme brasileiro que conta a vida de Besouro Mangangá, um capoeirista brasileiro da década de 1920, a quem eram atribuídos feitos heróicos e lendários. Estreou nos cinemas do Brasil no dia 30 de outubro de 2009.

Fonte: Museu Afro Brasil

Museu Índia Vanuíre

Museu Índia Vanuíre - fachada

http://www.museuafrobrasil.org.br/

“MÊS DA CONSCIÊNCIA NEGRA”

 “Cerimônia de Abertura”

Data: 10/11/2014

O Museu realizará um encontro com autoridades, coordenadores de escolas e comunidade para promover as ações que serão realizadas durante o mês da Consciência Negra. O convidado André Prado, presidente da ONG Umont, discutirá com todos os presentes a importância deste mês para promover a reflexão e fortalecer a cultura negra. Para encerrar, será realizada uma apresentação de Dança Afro do grupo “Cia de Dança Stylo Black”.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 19h30
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros


“O Negro Na Arte”

Data: 11/11/2014

A ação promovida pelo Museu tem como objetivo convidar a comunidade local e estudantes em geral a refletir sobre questões relacionadas ao respeito à diversidade e às variadas heranças culturais. A palestrante Elisa Périco abordará questões atuais sobre o tema e discorrerá sobre sua história de vida e seu ofício de representar os negros através de suas artes, contribuindo assim para um maior conhecimento e respeito à cultura Afro. Após a atividade, haverá uma apresentação de Dança Afro do grupo “Cia de Dança Stylo Black”.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 9h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros


“Os Direitos dos Negros na Constituição Brasileira”

Data: 12/11/2014

O Museu promoverá uma palestra seguida por uma roda de conversa para mostrar o papel do negro na sociedade brasileira e a participação ativa na construção de uma cidadania baseada em princípios democráticos que valorizam a diversidade e as diferenças culturais. O convidado é o Pedro Placidino, membro do movimento da consciência negra de Tupã. Após o encontro, haverá uma apresentação de capoeira, tendo como o líder o mestre Rukinho. A apresentação tem como objetivo difundir a modalidade e estimular a pratica buscando a consciência cultural.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 9h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros


“A Influência da Cultura Negra no Carnaval Tupãense”

Data: 12/11/2014

A ação promovida pelo Museu tem como objetivo convidar a comunidade local e estudantes em geral a refletir sobre questões acerca do respeito à diversidade e variadas heranças culturais. A palestrante Neuza Inácio compartilhará com o público presente sua história de vida e a influência da cultura negra no carnaval tupãense. Após a atividade, haverá uma apresentação de Dança Afro do grupo “Cia de Dança Stylo Black”.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 14h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita


“O Negro na História Passada e Presente”

Data: 13/11/2014

Uma palestra, seguida por uma roda de conversa, acontecerá no Museu com o objetivo de promover a reflexão sobre a importância da cultura e do povo africano na formação do Brasil, além de difundir o conhecimento de como tem sido realizada, historicamente, a inserção do negro na sociedade brasileira. A convidada é a professora Ruth que na oportunidade abordará o negro na história passada e presente, além de falar sobre o negro na escola. Após a palestra haverá uma apresentação de Dança Afro do grupo “Cia de Dança Stylo Black”.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 9h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros


“Beleza Negra”

Data: 14/11/2014

Com o intuito de explorar a Beleza Negra, o Museu promoverá uma roda de conversa. A convidada é Mariza Silva, membro da ONG Umont, que desenvolve trabalhos que contribuem para um maior conhecimento e respeito à herança cultural afro na comunidade.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 9h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros


“O Negro no Trabalho”

Data: 17/11/2014

O Museu promoverá uma palestra seguida por uma roda de conversa com o Mário Vieira dos Santos, Fiscal do Trabalho aposentado e presidente do Comtur (Comissão Municipal de Turismo). Na oportunidade, o convidado discutirá com o público a inserção do negro no mercado de trabalho. Após a ação, haverá uma apresentação de capoeira, tendo como o líder o Mestre Rukinho. A apresentação tem como objetivo difundir a modalidade e estimular a pratica buscando a consciência cultural.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 9h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros

   

“Degustando a Cultura Afro”

Data: 20/11/2014

Com o objetivo de promover a informação de forma dinâmica, a convidada Édna P. de Oliveira, desenvolverá uma palestra seguida de uma oficina de culinária afro, tendo como destaque  o acarajé.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 9h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros

  

“Candomblé no Brasil”

Data: 20/11/2014

José de Fátimo Oliveros, Pai de Santo do Candomblé, desenvolverá uma palestra seguida por uma roda de conversa com o objetivo de  promover o conhecimento e quebrar preconceitos sobre a religião. Após a palestra, haverá uma apresentação de Dança Afro do grupo “Cia de Dança Stylo Black”.

Local: Museu H.P. Índia Vanuíre (Rua Coroados, nº 521, Centro – Tupã/SP)
Horário: às 19h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita
Obs – o local da programação pode ser alterado de acordo com o interesse de escolas e faculdades do município, buscando uma maior integração entre as instituições e o Museus no desenvolvimento de ações extramuros

 Fonte: Museu Índia Vanuíre