Museus estrangeiros fazem parcerias com brasileiros

 

“Zero Dollar”, de Cildo Meireles, e “Moon Is the Oldest TV”, de Nam June Paik: diálogo sobre questões contemporâneas entre artistas brasileiros e estrangeiros
 
Com abertura hoje (para convidados), a exposição "Circuitos Cruzados" apresenta cinco grandes pioneiros da videoarte dos anos 1960 e 70 no Museu de Arte Moderna (MAM-SP). Instalações emblemáticas de Nam June Paik, Bruce Nauman, Vito Acconci, Peter Campus e Dan Graham pertencentes ao acervo do Centre Pompidou, em Paris, são exibidas em diálogo com 50 obras de arte contemporânea brasileira pertencentes ao acervo do museu paulistano.
 
Trata-se de um modelo de exposição raramente empregado pela instituição francesa: a concepção, em conjunto, de uma exposição capaz de juntar acervos e curadorias de duas instituições. Via de regra, o museu trabalha com dois modelos básicos de administração: ou empresta obras "soltas" de seu acervo para exposições que estão sendo montadas por outros museus ou comercializa uma exposição "por inteiro", criada em sua matriz e montada tal e qual em outro país.
 
Leia mais em:
 
Fonte: Valor Econômico