MUSEU NACIONAL VIVE REALIZA WEBINAR SOBRE GOVERNANÇA E SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA DE MUSEUS

O Projeto Museu Nacional Vive avança em seu programa de diálogos com a sociedade sobre a reconstrução do Museu Nacional/UFRJ e realiza, no próximo dia 06 de julho, terça-feira, às 10h, o webinar “Governança e Sustentabilidade Financeira de Museus”.

Quais caminhos podem ser apontados para a gestão e o equilíbrio financeiro do Museu Nacional/UFRJ após sua reinauguração? Por meio de palestras de diretores de centros culturais e instituições que promovem o desenvolvimento e fomentam a cultura brasileira, o Projeto Museu Nacional Vive realiza este segundo webinar que faz parte do programa de diálogos com a sociedade, proposto pelo Grupo de Trabalho de Governança e Sustentabilidade do Projeto Museu Nacional Vive.

Coordenado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), esse GT assume o desafio de apontar diretrizes para que o Museu Nacional/UFRJ tenha plenas condições de executar suas atividades a longo prazo.

“A realização de mais um webinar dedicado a pensar, com toda a sociedade, o futuro da nossa instituição, revela o sucesso deste modelo de governança que estamos construindo junto aos parceiros e que, com certeza, vai nos ajudar a fazer um museu cada vez mais sustentável, inovador, com capacidade de responder aos desafios da gestão contemporânea” , destaca o diretor do Museu Nacional/UFRJ, Alexander Kellner.

Estarão reunidos no YouTube do Museu a advogada Juliana Sá, diretora vice-presidente do Museu de Arte de São Paulo (MASP) – primeiro museu do país a constituir um fundo patrimonial; Luciane Gorgulho, chefe do Departamento de Desenvolvimento Urbano, Patrimônio e Turismo do BNDES e responsável por ações de financiamento inovadoras como Matchfunding BNDES+; Hugo Barreto, diretor-presidente do Instituto Cultural Vale, instituição que integra a governança do Projeto Museu Nacional Vive.

“O BNDES tem 24 anos dedicados ao apoio ao patrimônio histórico brasileiro. Nessa trajetória temos estimulado, cada vez mais, que as instituições culturais planejem ações efetivas para assegurar a sua sustentabilidade financeira a longo prazo. Engajar a sociedade e construir relações de confiança são elementos essenciais nesse processo, sendo a base para ampliar as fontes de recursos e os mantenedores”, explica Luciane Gorgulho.

Que finaliza afirmando que “o Grupo de Trabalho de Governança e Sustentabilidade do Projeto Museu Nacional Vive endereça esse desafio, debatendo os aspectos de governança, gestão e novas fontes de captação de recursos”.

SERVIÇO

Webinar Governança e Sustentabilidade Financeira de Museus

Dia 06 de julho de 2021, terça-feira, às 10h.

Transmissão ao vivo pelo canal do Museu Nacional/UFRJ no Youtube: https://www.youtube.com/museunacionalufrjoficial

Fonte: Museu Nacional/UFRJ