Museu Índia Vanuíre inaugura exposição sobre a defesa da Amazônia

Mostra ‘Amazônia Viva: Tyryetê Kaxinawá’ traz a Tupã retratos de defesa e respeito à natureza a partir do dia 27/7
 
A partir do dia 27 de julho, o Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Estado da Cultura administrada em convênio com a ACAM Portinari, recebe a exposição “Amazônia Viva: Tyryetê Kaxinawá” que retrata, por meio de desenhos originais do ambientalista Jaime da Silva Araújo, a chegada dos homens brancos à floresta e o processo destrutivo dessa relação. 
 
De cores vibrantes e estilo único, as 30 peças apresentadas fazem parte do acervo do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade Federal do Paraná (MAE-UFPR). A montagem é uma realização conjunta dos dois museus universitários, ligados à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da universidade.
 
Pelos desenhos, o público conhecerá a história da chegada dos homens brancos à região amazônica, a destruição acarretada, a extração da borracha nos seringais e a mobilização dos povos da floresta.
 
O artista, cujo nome indígena é “Tyryetê-Kaxinawá” (que significa saber repartir), nasceu em 1939 entre os índios Kaxinawá, no Amazonas. Trabalhou na floresta como seringueiro, horticultor e pescador, e conheceu a dura realidade a qual estavam submetidos os extrativistas. Engajou-se na luta política, foi companheiro de Chico Mendes, Marina Silva, José Lutsemberg, entre outros, em prol dos direitos dos trabalhadores e da preservação da Amazônia. 
 
Paralelamente à militância, Araújo desenvolveu obras artísticas: livros, poesias, desenhos e ilustrações. Na década de 1990 mudou-se para Curitiba, onde participou da implementação da Universidade Livre do Meio Ambiente e de projetos de educação ambiental. Morreu em Macapá em 2010.
 
Serviço
Exposição “Amazônia Viva: Tyryetê Kaxinawá”
Abertura para imprensa e convidados: 26/7, às 20h
Período: de 27/7 a 30/9/2012
Local: Museu Histórico e Pedagógico Índia Vanuíre (rua Coroados, nº 521- Centro – Tupã/SP)
Horário: de terça a domingo, das 9h às 17h
Informações: (14) 3491-2333
Entrada: gratuita