Museu Felícia Leirner tem programação especial nas férias

Durante as férias de verão, o Museu Felícia Leirner, em Campos do Jordão, oferece uma programação especial nas redes sociais. Todos os eventos são gratuitos. Confira as atrações e os horários.

Grupo êBA! Apresenta Boi Bumbá – Narração em Português e Libras: 16/01 (sábado)
Nesta live, com muita dança, brincadeiras e música, o gRUPO êBA! compartilhará a trajetória de Catirina e Francisco, história conhecida dos contos de tradição popular do Brasil. Esses tão famosos personagens, em busca de reviver o Bumba meu Boi, levarão as crianças pelas riquezas da cultura maranhense e do nordeste brasileiro. A apresentação é narrada em formato bilíngue (em português e Libras), na qual tudo deve fazer sentido para aqueles que ouvem e que não ouvem. Para isso, os gestos, ritmos corporais, vibrações e recursos visuais são usados e abusados, para que todos possam participar.
Onde assistir: Facebook
Horário: 15h (ao vivo)

Duo Rios Araújo: 17/01 (domingo)
O Duo Rios-Araújo foi criado em 2017 pela violinista mineira Geiciane Rios e pelo violonista paulista Adailson Araújo. No domingo, a dupla apresentará um repertório original e transcrições de obras diversas para violino e violão. O repertório permeia a valorização e pesquisa da música popular e brasileira, sem abandonar o tradicional consagrado para essa formação.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 11h

Grupo Ziriguidum Apresenta Ciranda de Histórias: 23/01 (sábado)
Nessa “ciranda”, o público é convidado a desfrutar do prazer da leitura, vivenciar as narrações da cultura oral, o encontro com grandes autores, as Rodas de Verso, as Cantigas e Brincadeiras da Cultura Tradicional da Infância. Despertando o gosto pela leitura, brincando com as histórias, cantando o nosso Brasil, o Grupo Ziriguidum, formado por Fabiana Fonseca, Marília Maia e Rodrigo de Carlis, inclui todos numa experiência que ressignifica a misteriosa relação entre o humano e universo imaginário. A pesquisa do universo da cultura tradicional da infância se faz constante na trajetória do Grupo Ziriguidum que apresentará a atividade “Bora Brincar?”. O brincar, a musicalidade da infância e as memórias brincantes são base para a construção desse espetáculo musical dedicado especialmente à valorização da cultura da infância. Nesse novo trabalho, parte do Projeto “Ô de Casa– memórias, brincadeiras e folias” contemplado pelo Edital de Linguagens Artísticas do FMAPC Fundo Municipal de Apoio às Políticas Culturais da Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba, o grupo visitou Gilce, uma mestra brincante, Pindamonhangabense de coração, que está sempre cantarolando bonitas melodias que viveu em sua infância em São Luís, Maranhão (MA).
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 15h

Dançando sobre Rodas: 24/01 (domingo)
A proposta da Cia Dançando sobre Rodas é trazer um espetáculo de interação entre o Museu e a dança, proporcionando a mistura de corpos, paisagens, obras e público. Os bailarinos Julia Mariano, Fabiana Lofrano e Mateus Vasconcellos farão uma apresentação especial gravada nas alamedas do Museu Felícia Leirner.  O grupo surgiu, em 2016, com o objetivo de resgatar pessoas com deficiência por meio da dança, sendo a única companhia do Vale do Paraíba que trabalha com dança inclusiva.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 11h

Contos em Cantos e Encantos de Um Povo com Tia Nastácia e Tio Barnabé: 30/01
Tia Nastácia e Tio Barnabé, da obra de Monteiro Lobato, expõem os costumes, as crenças e as verdades do povo afro-brasileiro por meio de uma apresentação musical. Os personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo mostrarão canções dos mais derivados ritmos folclóricos brasileiros como samba, maracatu e o jongo que retratam a história, vivências e crendices populares, com os personagens interpretando canções que trazem a história e a trajetória do povo negroTia Nastácia e Tio Barnabé, da obra de Monteiro Lobato, expõem os costumes, as crenças e as verdades do povo afro-brasileiro por meio de uma apresentação musical. Os personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo mostrarão canções dos mais derivados ritmos folclóricos brasileiros como samba, maracatu e o jongo que retratam a história, vivências e crendices populares, com os personagens interpretando canções que trazem a história e a trajetória do povo negro.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 15h

Cia GRIOT Apresenta A Lenda do Guapuruvu: 31/01 (domingo)
Num diálogo bem humorado entre o relato teatral e os sons instrumentais, o espetáculo comandado pela Cia Griot conta a história do grande guerreiro Guapuruvu e sua amada, a mãe do ouro, e como, deste amor, surgiu a árvore de mesmo nome, abundante no Vale do Paraíba. A partir deste bate-papo desenvolve-se o tema da relação do homem com a natureza e a importância da preservação ambiental. O Grupo é formado por Silvia Nery, relato e voz; Denilson de Paula, percussão e sonorização; e André Pontes, técnico de som.
Onde assistir: InstagramFacebook; Twitter
Horário: 15h

Fonte: Museu Felícia Leirner