Museu do IB reabre com sala dedicada a explicar o controle biológico

As férias escolares já começaram e, para aproveitá-las, o Museu do Instituto Biológico (IB), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, reabriu seu Museu, que conta com nova sala de controle biológico, na qual os visitantes aprendem como funciona o controle de pragas utilizando insetos predadores, fungos, nematoides e parasitoides.

Esta nova sala traz painéis informativos sobre como esses agentes atuam no controle de pragas e doenças, complementando ou até mesmo dispensando o uso de defensivos químicos. É a natureza controlando a própria natureza e rendendo produtos mais saudáveis, com menos químicos e mais sustentabilidade ao meio ambiente.

A cadeia produtiva do controle biológico cresce 20% ao ano, sendo que o Instituto Biológico mantém um programa voltado ao desenvolvimento de pesquisas com estes agentes. Até hoje, 54 empresas já foram assessoradas pelo IB sobre este tipo de manejo, que atualmente ocupa uma área de 10 milhões de hectares no Brasil.

O Planeta Inseto faz parte do local e conta com quatro espécies de abelhas sem ferrão, baratas praticando corrida, lagartas tecendo fios de seda e formigas trabalhando em sistema organizado, entre outras exposições. Localizado na Avenida Doutor Dante Pazzanese, 64 – Vila Mariana, em São Paulo, está aberto de terça a domingo, entre 9h e 16h. A entrada com cadernos, câmeras fotográficas e filmadoras é permitida, respeitando os avisos de utilização.

Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo